Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
23/07/2004 - 02h50

Casa de modernista será recuperada na Vila Mariana

Publicidade

da Folha de S.Paulo

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo anunciou ontem a restauração da Casa Modernista (Vila Mariana, zona sul de SP). A casa, construída pelo arquiteto Gregori Warchavchik em 1927, é um marco do movimento da arquitetura modernista brasileira.

O jardim, projetado pela mulher do arquiteto, Mina Klabin, também será restaurado, chegando a uma área de 13 mil m2.

A recuperação será por etapas. Em agosto haverá oficinas culturais e o restauro do jardim (custo de R$ 200 mil). Depois serão recuperados o alojamento, a Casa de Bonecas e a casa principal, um gasto de R$ 1 milhão. O governo buscará parceiros, mas arcará com a verba se não fizer acordos.

História

A Casa Modernista foi tombada em 84, após disputa entre herdeiros do casal, que queriam vendê-la para uma construtora, e a Associação Pró-Parque Modernista. Em 98, o governo quis reformar a casa, mas o Ministério Público moveu ação contra a intervenção, que previa reforma, não restauro. O projeto só agora foi retomado.

Renovador e revolucionário, o arquiteto Gregori Warchavchik é um dos nomes mais importantes da arquitetura moderna no país.

Nascido na Ucrânia, em 1896, emigrou para o Brasil em 1923, após se formar em arquitetura na Itália. Em 1927 casou-se com Mina Klabin, filha de um grande industrial da elite paulista.

Warchavchik teve, ao longo de sua carreira, dificuldades em colocar em prática suas concepções. A Prefeitura de São Paulo, por exemplo, não aprovava suas fachadas lisas. Ele modificava a planta original, incluindo detalhes ondulados, e obtia a aprovação. Na hora de conseguir a liberação para a moradia, desculpava-se afirmando que a obra estava "inacabada" por falta de recursos.

São dele os projetos da sedes dos clubes Paulistano, Hebraica, Tietê e Pinheiros, em São Paulo, e do Iate Clube de Santos. Morreu aos 76 anos, em 28 de julho de 1972.

Especial
  • Veja o que já foi publicado sobre Veja o que já foi publicado sobre a Casa Modernista
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página