Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
11/05/2007 - 15h50

Americanas irão adaptar Blockbuster em unidades Express

Publicidade

MÁRCIO RODRIGUES
da Folha Online

As Lojas Americanas pretendem adaptar cerca de 90% das 127 unidades da Bolckbuster até o fim de 2007, deixando-as com formato semelhante às Americanas Express --unidade mais compacta das Lojas Americanas. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (11) pelo diretor de Relações com Investidores da empresa, Roberto Martins, durante teleconferência para investidores.

Em janeiro deste ano, as Lojas Americanas compraram da BWU as operações da Blockbuster no Brasil por R$ 186,2 milhões.

"Cerca de 70% das lojas da Blockbuster possuem cerca de 400 metros quadrados, mais ou menos o mesmo tamanho das Americanas Express. Pretendemos otimizar a área de aluguel de filmes em 80 ou 100 metros quadrados e ampliar a oferta de produtos, oferecendo sortimento semelhante ao das unidades Express, com brinquedos, higiene e beleza, assim como eletroeletrônicos", disse Martins.

Os investimentos para as adaptações necessárias nas unidades da Blockbuster deve chegar a R$ 50 milhões até o fim de 2007.

Em muitos casos, segundo Martins, também é possível ampliar as lojas da Blockbuster com áreas vizinhas às unidades. "É uma questão de negociar com os locatários ou sublocatários de outras lojas vizinhas à Blockbuster", explicou.

Ainda segundo ele, a Blockbuster será a marca de aluguéis e serviços das Lojas Americanas. "No futuro é possível, inclusive, colocar aluguel de filmes também nas Americanas Express e nas Lojas Americanas", afirmou.

Novas lojas

Segundo o executivo das Lojas Americanas, a empresa espera superar o número de abertura de lojas registrado em 2006, de 45 novas unidades.

"Até agora já abrimos quatro novas lojas. Além disso, temos 22 contratos assinados para abertura de unidades e mais 30 lojas em fase de análise contratual. Pelo potencial do Brasil, esperamos superar essas marcas também nos próximos anos", disse.

Leia mais
  • Lucro das Lojas Americanas sobe 400%, para R$ 17 mi no 1º trimestre
  • Lucro da Telesp sobe 1%, para R$ 592,8 milhões no 1º trimestre
  • Lucro da Usiminas sobe 86% e atinge R$ 642 milhões no 1º trimestre
  • AmBev lucra R$ 645,9 mi, em queda de 1,5% sobre primeiro trimestre de 2006
  • Aumento de custos derruba lucro da TAM em 53%, para R$ 59,2 mi

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Lojas Americanas
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página