Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/07/2000 - 18h49

Com Disapel, Ponto Frio será líder em nº de lojas

Publicidade

Você vai aplicar seu FGTS na Petrobras?
Vote na enquete

JOÃO SANDRINI
do FolhaNews

O diretor-geral do Ponto Frio, Conrado Gruembraun, disse hoje que a empresa deve tornar-se a maior varejista de eletrodomésticos brasileira após a compra da Disapel.

O Ponto Frio comprou hoje 81 pontos-de-venda da Disapel em leilão, por R$ 12,1 milhões. A rede, que já possuía 266 lojas em todo o Brasil, passa a ter agora 347 e ultrapassa a Casas Bahia em número de pontos-de-venda.

No entanto, Gruembraun não garantiu que a empresa vai manter todos os pontos da Disapel , localizados na região Sul do país, funcionando.

'É claro que vamos avaliar a viabilidade de cada loja. Mas até o final do ano já teremos esta decisão e as lojas boas já estarão reformadas e abertas ao público.''

Faturamento
O diretor-geral do Ponto Frio, Conrado Gruembraun, disse que a expectativa da empresa é faturar R$ 300 milhões por ano com os pontos-de-venda da Disapel adquiridos hoje em leilão.

Para este ano, o diretor de vendas do Ponto Frio, Albert Aras, disse esperar um faturamento de R$ 3 bilhões em todas as lojas do grupo.

O Ponto Frio não garantiu que todos os pontos adquiridos hoje vão permanecer funcionando, mas os ex-funcionários da Disapel terão estabilidade no emprego por 180 dias.

Após este período, o Ponto Frio informou que demitirá, no máximo, 15% do total de funcionários da Disapel.



  • Eleições podem injetar R$ 3 bi na economia
  • Balança registrou déficit de US$ 109 mi na semana
  • WAP e Internet dominam Fenasoft
  • ESPECIAL:Tudo sobre fundos FGTS Petrobras

    Clique aqui para ler mais sobre economia no Dinheiro Online e na Folha Online

    Leia mais notícias da Reuters na Folha Online
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página