Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
17/03/2008 - 10h16

Corpo do fundador do Pão de Açúcar é velado em São Paulo

Publicidade

da Folha Online
com Folha de S.Paulo

O corpo do empresário Valentim dos Santos Diniz, 94, fundador da rede de supermercados Pão de Açúcar, que morreu no domingo em São Paulo, é velado no hospital Hospital Albert Einstein nesta segunda-feira. O enterro está marcado para as 12h no Cemitério São Paulo, em Pinheiros (zona oeste de São Paulo).

Um dos maiores empreendedores do país, "seu" Santos, como era conhecido, estava internado no Hospital Albert Einstein desde o dia 7 de janeiro, onde morreu em conseqüência de falência múltipla de órgãos.

Leonardo Wen/Folha Imagem
Valentim dos Santos Diniz, fundador do Grupo Pão de Açúcar.
Valentim dos Santos Diniz, fundador do Grupo Pão de Açúcar.

Valentim Diniz deixa a mulher, Floripes, e os filhos Abilio --que atualmente comanda o Conselho de Administração do Pão de Açúcar--, Arnaldo, Vera, Sônia e Lucilia.

O empresário nasceu em 1913, no interior de Portugal, e veio ao Brasil em 1929. Ele abriu uma doçaria em 1948, a que deu o nome de Pão de Açúcar.

No local da doçaria se encontra hoje a sede da Companhia Brasileira de Distribuição --nome oficial do grupo empresarial-- que lucrou R$ 210 milhões em 2007 e compõe hoje a segunda maior rede varejista do Brasil, atrás apenas da francesa Carrefour.

Valentim Diniz presidiu a empresa até 1995, quando deixou o posto para Abílio, e desde 2003 ocupava o cargo de presidente honorário do Conselho de Administração da empresa.

O Grupo Pão de Açúcar emprega 63,7 mil pessoas, que trabalham em 575 lojas das marcas Pão de Açúcar, Extra, CompreBem, Sendas e Assai. Foi também a primeira rede varejista brasileira a ter ações listadas na Bolsa de Nova York.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página