Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/03/2002 - 15h34

Empresa mineira de perfume amplia produção para atender exportação

Publicidade

FABIANA FUTEMA
da Folha Online

A indústria mineira de perfumes L'acqua di Fiori exportou no ano passado R$ 200 mil. O montante correspondeu a apenas 0,25% do faturamento de R$ 80 milhões da empresa. Para 2002, a empresa de perfumes projeta um crescimento de 80% nas exportações e de 20% no faturamento interno. Se a previsão de concretizar, a participação das vendas externas da empresa vai passar para 0,38% em 2002.

Para atender à demanda externa também, a L'acqua di Fiori se prepara para inaugurar mais uma fábrica, a segunda da marca, em Belo Horizonte (MG) daqui a três meses. A nova unidade vai dobrar a capacidade atual de produção da empresa, de cerca de 6 milhões de itens.

Segundo a responsável pela área de comércio exterior da marca, Soraya Arbex, parte do crescimento nas exportações previsto para 2002 é resultado da participação da empresa na Cosmoprof, a maior feira mundial do setor, realizada este ano de 8 a 11 de março, na Itália. "Os contatos que fizemos na feira demandam a produção de um ano inteiro de nossa fábrica."

Apesar do desempenho na feira, Soraya disse que a empresa vai analisar com cuidado a expansão da L'acqua di Fiori no exterior. Num primeiro momento, a empresa quer estar presente em grandes lojas, que trabalham com produtos de primeira linha, como Lâncome e Chanel. "Temos o cuidado de verificar como será a exposição de nosso produto no ponto de venda. Também não queremos ter muitos distribuidores dentro de um mesmo país."

Segundo ela, os contatos iniciados na Cosmoprof foram, principalmente, com países dos Emirados Árabes. "Nesses países, a população usa muito perfume. Eles não passam perfume no corpo. Eles tomam banho de perfume, principalmente os homens."

Para atender os pedidos internos e externos, a L'acqua di Fiori vai lançar quatro novas fragrâncias este ano: duas femininas e duas masculinas. Os novos perfumes serão destinados tanto para o mercado interno como para o externo.

A fábrica mineira de perfumes tem um plano de longo prazo de abrir lojas da marca L'acqua di Fiori no exterior. Mas antes disso, a empresa quer consolidar seu nome por meio de parcerias com grandes distribuidores internacionais de perfumes.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página