Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/06/2002 - 13h07

Entenda a diferença entre "rumor" e "boato"

Publicidade

da Folha Online

O mercado criou hoje um boato sobre a corrida presidencial, que fez a Bolsa subir e o dólar cair.

O boato que circulavam nas mesas de operações dos bancos e das corretoras apontava números de uma pesquisa eleitoral que nem foi ainda concluída.

Há uma diferença entre "boato" e "rumor", segundo o Manual da Redação da Folha.

Rumor é a informação corrente, não confirmada, que pode ou não ser verdadeira. Já boato é sempre uma informação falsa.

Exemplo: "Os boatos sobre a morte de Saddam Hussein fizeram cair os preços do petróleo". Nesse caso, está claro que a informação é falsa.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página