Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/02/2009 - 18h52

Azul briga para voar do aeroporto Santos Dumont para 22 destinos

Publicidade

KAREN CAMACHO
Editora-assistente de Dinheiro da Folha Online

A Azul Linhas Aéreas informou nesta terça-feira que continua a briga para voar a partir do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. O pedido está em análise da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e também foi objeto de ação por parte da empresa na Justiça.

O presidente da empresa, Pedro Janot, afirmou que o projeto é atender 22 destinos a partir do Rio. Segundo ele, a companhia optou por entrar na Justiça na "tentativa de ter o controle de operar no aeroporto em nossas mãos".

Financiamento

A Azul terá financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e do Banco do Brasil para pagar aeronaves que adquiriu da Embraer.

A empresa, que na próxima semana terá uma frota de sete aeronaves, quer fechar 2009 com 14. A Azul não divulgou ainda o valor do financiamento ou prazo de pagamento.

Janot afirmou que o Banco do Brasil "é um parceiro financeiro na triangulação" e que "a modelagem do fomento demorou a ser desenhada".

Petróleo

Janot afirmou que a queda nos preços do petróleo, observada nos últimos meses, favoreceu a empresa em relação a seus custos. Ele afirmou ainda que o recuo compensou aumento de gastos por conta da alta do dólar em relação ao real. O combustível representa entre 35% e 38% dos custos da companhia.

Rotas

Nesta terça, a empresa anunciou que vai começar a voar para quatro novos destinos a partir dos meses de março e abril. As novas cidades atendidas são Fortaleza, Manaus, Navegantes (SC) e Rio de Janeiro (Galeão), todos partindo do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

Com o voo para Recife, já divulgado, a companhia passa a atender cinco novos destinos a partir de Campinas. No caso de Recife, além do voo noturno que já havia sido anunciado, a companhia informou que também haverá voos diurnos a partir de 12 de março.

A empresa já atende Curitiba, Porto Alegre, Vitória e Salvador.

A Azul iniciou suas operações em 15 de dezembro do ano passado, inicialmente ligando Campinas a Porto Alegre e Salvador. Já em janeiro, entraram em operação as rotas Campinas-Curitiba e Campinas-Vitória.

Fundada por David Neeleman, a empresa encomendou 40 aviões da Embraer, com opção de compra para outros 36. Até o final deste ano, a empresa já terá recebido 14.

Milhagem

A Azul informou hoje que já está pronto o seu programa de fidelidade. Os passageiros já conseguem se cadastrar no site da empresa, mas o programa ainda não está em prática.

Segundo a empresa, seu programa vai dar 5% do valor da passagem em bônus. Ao completar R$ 50, o passageiro pode usar a seu favor e abater de tarifas ou transferir para outro passageiro. Os bônus expiram em 12 meses.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página