Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
20/02/2007 - 11h02

Na hora da escolha, confira se o curso é reconhecido pelo MEC

Publicidade

da Folha de S.Paulo

Na hora de escolher um curso de graduação a distância, o aluno deve observar diversos critérios. O principal --e que deve ser o primeiro-- é se certificar de que a instituição de ensino é credenciada pelo Ministério da Educação e que o curso tem reconhecimento oficial (www.mec.gov.br). No site www.abraead.com.br também há informações sobre cursos.

Informe-se sobre o programa do curso, que disciplinas serão estudadas e a duração, além da titulação do corpo docente.

Outro aspecto a ser observado é se o método será de auto-estudo, como num curso on-line, ou se haverá interação com outros alunos e professores.

"A maneira como será feito o contato com a instituição em caso de ter dificuldades e dúvidas, se disponibilizará suporte técnico, também importa", diz a consultora em educação a distância Maria da Graça Moreira da Silva. Alguns cursos têm uma aula presencial. Confira os locais, datas e horários oferecidos.

Mesmo on-line, o curso poderá ter atividades para serem feitas com hora marcada, do tipo bate-papo, áudio e videoconferência ou outras que demandem que o aluno esteja conectado à internet.

Leia mais
  • Estudante precisa ser disciplinado
  • Graduação a distância amplia acesso ao ensino
  • Professor de outro Estado dá aula pela televisão via satélite

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre educação a distância
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página