Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/05/2007 - 11h24

Alunos da USP dizem que vão resistir com flores

Publicidade

da Folha de S.Paulo

Os estudantes que invadiram a reitoria da USP reforçaram com mais pneus a barricada em frente ao local e disseram ontem que irão resistir com rosas de papel crepom para enfrentar uma possível intervenção da polícia.

Ontem, durante a assembléia que votou a greve dos professores, os alunos fizeram uma "vaquinha" e conseguiram arrecadar quase R$ 900 dos docentes. O dinheiro, dizem, será utilizado para comprar alimentos.

Os estudantes decidiram pela greve na semana passada, mas o movimento é mais forte na FFLCH, ECA e na Faculdade de Educação. A Folha esteve ontem na USP e constatou que em várias unidades, como engenharia, odontologia e educação físicas as aulas continuam normais.

Parte dos estudantes que estão na reitoria participou, ontem na avenida Paulista, de manifestação de servidores estaduais contra o governo Serra. O protesto terminou em confronto com a Polícia Militar na Assembléia.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página