Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/05/2001 - 15h40

Programa de educação musical leva orquestras a escolas públicas

da Folha Online

O governo do Estado lança nesta semana um programa de educação musical voltado a alunos das escolas da rede pública de Ensino. O projeto levará grupos musicais às escolas com o objetivo de incentivar o gosto pela música instrumental.

A inauguração do projeto será às 11h de quarta-feira (16), com um concerto da Sinfonia Cultura (orquestra da Rádio e TV Cultura), sob a regência do maestro Abel Rocha.

O espetáculo será o primeiro de uma série de 48 concertos didáticos com a Orquestra Sinfônica completa (60 músicos), no teatro Fernando Azevedo, na praça da República.

Os concertos com orquestra de câmara (22 músicos) e conjuntos de câmara (10 músicos) serão realizados em escolas da rede estadual, sempre de dia, para incentivar a presença dos alunos.

No concerto inaugural, a Sinfonia Cultura executará "Tema para a Escola que dá certo", de Miguel Briamonte; "Guia Orquestral", de Antonio Carlos Neves; "Suitezinha Funcional", de Acchille Picchi; "Marcha Nupcial", de Mendelssohn; o choro "Vou Vivendo", de Pixinguinha, "Valsa das Flores", de Tchaikovsky e um trecho da "Sinfonia nº 5", de Beethoven.

O espetáculo, com aproximadamente 1h15 de duração, será reapresentado nos dias 17 e 18, às 9h30 no mesmo local. As visitas aos concertos e a distribuição de ingressos são organizados pelas próprias escolas.

Como serão apresentados para platéias diferentes, todos os concertos terão uma parte comum e uma parte específica, variando a cada programa.

O espetáculo começa sempre com o maestro explicando o que é uma orquestra sinfônica (as características específicas de cada grupo de instrumentos, seu som individual, sua utilização da orquestra), o que é melodia (alturas, ritmos, variedades para uma mesma sequência melódica) e formas musicais (suites e sinfonias).
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página