Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/06/2000 - 23h52

São Paulo vence clássico e enfrenta Atlético-MG nas semifinais

Publicidade

da Folha Online

Evelson de Freitas

Raí comemora gol de calcanhar

Com um gol de calcanhar de Raí, o São paulo venceu o clássico contra o Palmeiras por 3 a 2, na noite desta terça-feira, no Parque Antarctica, e se classificou pela primeira vez na sua história para as semifinais da Copa do Brasil.

Na próxima fase, o São Paulo enfrenta o Atlético-MG que eliminou o Fluminnse.

Os gols são-paulinos foram marcados por Vágner, Raí e Sandro Hiroshi. O volante Rogério fez os dois gols do Palmeiras.

O São Paulo abriu o placar aos 14min do primeiro tempo. Após boa jogada de Raí, Marcelinho tocou para Vágner que chutou da entrada da área no canto direito do goleiro Marcos.

O empate palmeirense aconteceu aos 35min em uma cobrança de falta de Rogério no ângulo.

No segundo tempo o juiz Sálvio Espínola, que já havia expulsado o zagueiro Índio do Palmeiras, excluiu os dois treinadores.

O segundo gol são-paulino foi marcado logo aos 4min da segunda etapa. Após boa jogada individual de Sandro Hiroshi pela direita, Raí fez de calcanhar.

O Palmeiras voltou a empatar a partida aos 14min. Alexandre derrubou Júnior na área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Rogério fez 2 a 2.

O gol da vitória são-paulina aconteceu aos 24min. O lateral Pimentel driblou Galeano e cruzou da linha de fundo para Sandro Hiroshi marcar. Este foi o primeiro gol do atacante depois de cumprir suspensão de seis meses por falsificar sua identidade.

No final da partida, o volante Galeano também foi expulso por ter recebido o segundo cartão amarelo.

Palmeiras
Marcos; Rogério, Argel, Índio e Tiago; Galeano, César Sampaio, Júnior e Pena; Basílio (Alberto) e Euller (Luís Cláudio).
Técnico: Luiz Felipe Scolari

São Paulo
Rogério; Pimentel, Edmílson, Rogério Pinheiro e Fábio Aurélio; Alexandre, Vágner (Fabiano), Raí (Carlos Miguel) e Marcelinho; Sandro Hiroshi e Edu (Evair).
Técnico: Levir Culpi

Local: estádio do Parque Antarctica, em São Paulo
Juiz: Sálvio Spínola (SP)
Cartões amarelos: Rogério, Euller e Luís Cláudio (P) e Sandro Hiroshi, Raí e Rogério Pinheiro (S)
Cartões vermelhos: Índio e Galeano (P)
Gols: Vágner (S), aos 15min, e Rogério (P), aos 35min do primeiro tempo; Raí (S), aos 4min, Rogério (P), aos 16min, e Sandro Hiroshi (S), aos 24min do segundo

Leia mais sobre esporte na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página