Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
09/07/2006 - 20h00

Itália se isola como segunda força do futebol mundial

Publicidade

da Folha Online

Após 12 anos de perder a chance de ser a primeira tetracampeã mundial, ao ser derrotada nos pênaltis pelo Brasil na Copa do Mundo de 1994, a Itália conquistou, enfim, o seu quarto título da competição ao derrotar a França por 5 a 3, nos pênalis, após empate em 1 a 1, neste domingo, em Berlim.

Com a conquista, os italianos assumiram a segunda colocação isolada no ranking de maiores campeões do torneio --só ficam atrás dos rivais brasileiros, vencedores em cinco oportunidades --1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.

Antes empatada com os italianos, a seleção anfitriã deste Mundial, a Alemanha, é a terceira, com três conquistas --1954, 1974 e 1990--, quando ainda era chamada de Alemanha Ocidental..

Bicampeões, Uruguai e Argentina vêm logo em seguida. Os rivais sul-americanos, que decidiram a primeira Copa, venceram em 1930 e 1950 (Uruguai) e 1978 e 1986 (Argentina).

Com apenas uma conquista, a França, derrotada hoje e campeã em 1998, e a Inglaterra, que venceu o Mundial de 1966, fecham o rol dos países que sentiram o gosto de ganhar a principal competição do futebol mundial.

Especial
  • Leia cobertura completa da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página