Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
09/07/2006 - 19h12

Lippi é 1º técnico campeão mundial de clubes e seleções

Publicidade

JOSÉ RICARDO LEITE
THIAGO BARROS RIBEIRO
da Folha Online

Com a vitória da Itália sobre a França por 5 a 3 nos pênaltis, hoje, na final da Copa do Mundo de 2006, após um empate por 1 a 1 no tempo regulamentar e na prorrogação, o técnico Marcello Lippi se tornou o primeiro treinador a ser campeão mundial por um clube e por uma seleção.

Um dos treinadores mais respeitados do mundo, Lippi ganhou a admiração de dirigentes, atletas e torcedores ao tirar a Juventus, clube mais tradicional da Itália, de um jejum de quase dez anos sem títulos do Campeonato Italiano.

Após iniciar a carreira no Cesena e ganhar destaque anos depois, com uma boa campanha pelo Napoli, o treinador chegou à Juventus na temporada 1994/95. A partir daí, conquistou, na equipe de Turim, cinco "Scudettos", uma Copa dos Campeões e, no dia 26 de novembro de 1996, com uma vitória por 1 a 0 sobre o River Plate, levantou o título mundial interclubes, no Japão.

Agora, passados sete jogos na Copa da Alemanha, Lippi atingiu, em Berlim, seu auge profissional, levando a Itália a uma conquista de Copa do Mundo depois de 24 anos de jejum.

Com isso superou seu compatriota Arrigo Sacchi, até então único treinador campeão mundial de clubes (Milan, 1989 e 1990) a disputar uma final de Copa, em 1994, e o brasileiro Luiz Felipe Scolari, que fez exatamente o oposto, sendo campeão mundial pela seleção brasileira, em 2002, e perdendo as finais de Mundial Interclubes disputadas com Grêmio (1995) e Palmeiras (1999).

Outro brasileiro que chegou perto do feito de Lippi foi Telê Santana. Bicampeão mundial com o São Paulo, em 1992 e 1993, o treinador dirigiu o Brasil nas Copas de 1982 e 1986, mas conseguiu apenas a quinta colocação em ambos os torneios.

Leia mais
  • Itália supera tabu, vence França nos pênaltis e é tetracampeã do mundo

    Especial
  • O título da Itália foi justo?
  • Leia cobertura completa da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página