Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/07/2006 - 14h44

Tetracampeã mundial, seleção italiana é recebida com festa em Roma

Publicidade

da Folha Online

A delegação da seleção italiana, que conquistou o tetracampeonato mundial neste domingo, ao derrotar nos pênaltis a França por 5 a 3, foi recebida com festa por centenas de torcedores na base militar de Pratica di Mare, a 30 km de Roma, nesta segunda-feira.

O avião chegou na Itália às 18h36 (13h36 no horário de Brasília), com cinco silhuetas de jogadores pintados em sua fuselagem.

O capitão e pilar da defesa da Azzurra, Cannavaro, foi o primeiro a sair levantando a taça, seguido pelo técnico Marcello Lippi.

O goleiro Buffon, com óculos escuros e a medalha de ouro pendurada no peito foi o terceiro a descer, seguido pelo volante Rino Gattuso, que vestia um terno escuro.

Muitos torcedores estavam com a camisa azul e acompanhados dos filhos menores.

Aviões da Força Aérea italiana fizeram acrobacias sobre o aeroporto quando o avião com a seleção aterrissou, e desenharam um coração no céu.

Itália conseguiu a taça tão desejada ao término de uma final de 120 minutos e de muitos atritos contra a França, decidida nos pênaltis.

Os jogadores darão uma entrevista coletiva ainda no aeroporto e depois serão recebidos pelo primeiro-ministro Romano Prodi

Depois a equipe desfilará pelas ruas de Roma em carro aberto, antes de dirigir-se ao Circo Massimo para uma festa popular com o prefeito da cidade, Walter Veltroni, e numerosas celebridades.

Milhares de torcedores se concentravam nas ruas pelas quais desfilarão os tetracampeões para saudá-los.

Itália conquistou seus dois primeiros títulos no apogeu do fascismo, em 1934 e 1938. O tricampeonato só veio em 1982, no Mundial da Espanha, e o tetra só agora, 24 anos depois.

Com agências internacionais

Especial
  • Opine: o título da Itália foi justo?
  • Leia cobertura completa da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página