Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/07/2006 - 18h16

Seleção italiana faz a festa do tetra no "Circo Massimo" de Roma

Publicidade

da Folha Online

Tetracampeã mundial, a seleção italiana chegou por volta das 23h (horário local, 18h de Brasília) ao "Circo Massimo", espaço público romano destinado à comemoração oficial da conquista do título da última Copa do Mundo.

A Itália venceu a França nos pênaltis na final da Copa do Mundo no último domingo, depois de um empate em 1 a 1, depois de 24 anos sem vencer um Mundial.

A equipe chegou ao "Circo Massimo" num carro aberto, com o capitão do time, Fabio Cannavaro, carregando a taça da Copa do Mundo diante da multidão que ocupava completamente as ruas da capital italiana, Roma, agitando bandeiras do país e cantando gritos de vitória aos jogadores.

O técnico Marcello Lippi foi o primeiro a descer do carro aberto, dirigindo-se ao palco preparado para receber a seleção, seguido por membros da comissão técnica. Em seguida, Cannavaro liderou a fila dos jogadores ao passar por um cordão humano de policiais.

Fumaças coloridas, luzes especiais e uma música épica animavam a multidão enquanto a seleção ocupava completamente o palco. Os jogadores foram ovacionados ao serem anunciados seus nomes, um a um.

Logo depois, os jogadores e a torcida cantaram a música "We Are The Champions" ("Nós somos os campeões"), do Queen, enquanto Cannavaro fazia o célebre gesto de levantar a Copa do Mundo.

A festa continuará no "Circo Massimo", sem hora certa para terminar, de acordo com os organizadores.

Leia mais
  • Tetracampeã mundial, seleção italiana é recebida com festa em Roma
  • Prodi agradece jogadores por recuperar dignidade do futebol italiano

    Especial
  • Opine: o título da Itália foi justo?
  • Leia cobertura completa da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página