Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
21/02/2001 - 18h37

Falcão agrada em seu primeiro jogo-treino no Palmeiras

Publicidade

ERICK BOCCIA
da Folha Online

Mesmo com a derrota de 2 a 1 no jogo-treino contra o Flamengo de Guarulhos, o jogador Falcão, vindo do futsal, agradou na sua primeira aparição na equipe do Palmeiras. Ele atuou durante 59 minutos e saiu com cãibra.

Atuando como meia-esqurda, Falcão fez ótimas jogadas pelo setor e ainda foi o autor do único gol marcado pela equipe reserva do Parque Antarctica, aproveitando um cruzamento de Lopes.

O treinador Marco Aurélio gostou da movimentação do jogador e deverá indicar sua contratação para a diretoria palmeirense.

"Ele demonstrou uma grande qualidade técnica, mas ainda precisa se adaptar ao futebol de campo. Acho que o Falcão vai ajudar muito, mas vamos ver", disse.

O coordenador técnico da equipe, Márcio Araújo, também elogiou o atleta. "Todo mundo viu a habilidade do Falcão. Ainda por cima, sem estar entrosado, ele marcou o gol do time", afirmou.

Apesar da boa apresentação, Falcão se mostrou com receio quanto ao seu futuro no futebol de campo. O jogador disse que gostou mais da sua atuação no segundo tempo.

"No começo eu atuei de costas para o gol e não consegui render. Depois, o Marco Aurélio me recuou um pouco e deu para mostrar um bom futebol", analisou Falcão.

A diretoria do Palmeiras deve definir até quinta-feira se fica ou não com o jogador. O prazo foi estipulado pelo Banespa, clube de futsal que Falcão joga.

O ex-astro do Palmeiras Ademir da Guia está cuidando pessoalmente da negociação. Foi ele quem indicou o Falcão à diretoria palmeirense. "Não podemos forçar ele (Falcão) a nada. Ele que tem que decidir o seu destino", disse o ex-jogador.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página