Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
30/06/2001 - 17h58

São Paulo vence por 2 a 0 o Coritiba e está mais perto da decisão

Publicidade

da Folha Online

O São Paulo está mais perto da final da Copa dos Campeões, o atalho mais curto à Libertadores de 2002. O time do treinador Nelsinho Baptista superou por 2 a 0 o Coritiba hoje à tarde, no estádio Almeidão, em João Pessoa-PB.

Com este resultado, a equipe do Morumbi pode perder por até 1 a 0, no jogo de volta, na quarta-feira, em Macéio, que garantirá vaga na grande decisão. Já o Coritiba precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para levar a disputa da classificação para os pênaltis.

Fabiano, aos 22min, e o goleiro Rogério Ceni, em cobrança de falta, aos 27min do segundo tempo, marcaram os gols do São Paulo.

Um primeiro tempo sonolento entre São Paulo e Coritiba, a tal ponto que os goleiros Rogério Ceni e Marcelo Cruz, respectivamente, foram meros espectadores, limitando-se apenas a algumas intervenções em cobranças de escanteios e faltas e só. Em nenhum momento na etapa, os dois goleiros foram exigidos.

A melhor chance da equipe paulista foi através do meia Fábio Simplício, que recebeu de França na entrada da área e bateu rasteiro, com a bola passando rente ao poste esquerdo da meta de Marcelo Cruz, que só ficou olhando.

Pelo lado do time paranaense, na melhor oportunidade criada, Mabília tentou pegar de primeira em uma meia-bicicleta e mandou a bola nas mãos do goleiro são-paulino, que nem precisou se mexer para fazer a defesa.

Para o segundo tempo, o técnico Ivo Wortmman tentou dar mais ofensividade ao Coritiba trocando o atacante Marquinhos Cambalhota pelo zagueiro Cris. Com a mudança, Enílton, que iniciou a partida como ala, passou a jogar mais à frente, sua posição de origem.

Em dois rápidos contra-ataques, os paranaenses chegaram com perigo, mas falharam no momento da conclusão.

Aos 20min, o técnico Nelsinho Baptista fez duas alterações na equipe que mudaram a história do jogo. Primeiro, tirou Carlos Miguel e colocou Souza. Depois, sacou Reginaldo e pôs Fabiano.

Aos 22min, Souza foi à linha de fundo e cruzou rasteiro na pequena área, na medida para Fabiano, que entrou rápido e fez 1 a 0.

Cindo minutos depois, Luís Fabiano sofreu falta perto da área. Rogério Ceni foi para a cobrança e acertou o canto esquerdo de Marcelo Cruz, ampliando para 2 a 0.

O goleiro são-paulino, aos 40min, ainda teve tempo de impedir um gol certo do Coritiba. Enílton cabeceou livre, à queima-roupa, e Rogério Ceni fez defesa espetacular, no puro reflexo, garantindo assim uma vantagem ainda maior para a equipe paulista.

SÃO PAULO
Rogério; Reginaldo Araújo, Jean, Wilson e Gustavo Nery; Alexandre, Douglas, Fábio Simplício e Carlos Miguel; Luis Fabiano e França Técnico: Nelsinho Baptista

CORITIBA
M. Cruz; Allan, P. Roberto e M. Sandro; Juliano, Messias, R. Nascimento, Mabília e Chris; Enilton e Evair. Técnico: Ivo Wortmann

Local: estádio Almeidão, em João Pessoa
Horário: 16h
Juiz: Luciano Augusto T. Almeida (DF)
Gols: Fabiano, aos 22min, e Rogério Ceni, aos 27min do segundo tempo
Amarelos: Reginaldo e Luís Fabiano (SP); Paulo Roberto, Messias, Reginaldo Nascimento e Alexandre (C)
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página