Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/08/2001 - 22h55

São Paulo e Botafogo-SP empatam no primeiro 'apagão' do Brasileiro

Publicidade

da Folha Online

São Paulo e Botafogo-SP empataram por 2 a 2 na noite de hoje, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, na primeira partida com falta de luz no Campeonato Brasileiro-2001.

O jogo desta noite ficou paralisado por cerca de 20 minutos por falta de energia no estádio, no início do segundo tempo.

Mateus, de falta, e Marcos Dener marcaram os gols para o Botafogo-SP. O lateral Belletti e o volante Júlio Baptista empataram para a equipe do Morumbi.

O São Paulo volta a jogar no próximo domingo, contra o Gama, em Brasília. O Botafogo pega o Fluminense, sábado à tarde, no Maracanã.

O jogo

Após dois gols anulados para o time da capital e 21 minutos de paralisação por causa de um "apagão", Botafogo e São Paulo empataram ontem em 2 a 2 na estréia das duas equipes no Campeonato Brasileiro, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

O São Paulo iniciou a partida ofensivamente, principalmente em jogadas pelas laterais, com Belletti e Gustavo Nery. Mesmo atuando em casa, o time de Ribeirão priorizou a defesa.

Aos 5min, após cobrança de escanteio, o São Paulo teve um gol anulado pelo árbitro Luís Marcelo Cansiam, que alegou toque de mão de Rogério Pinheiro.

Cinco minutos mais tarde, após cruzamento da direita, Leonardo fez outro gol, novamente anulado pelo juiz. Dessa vez, o árbitro alegou impedimento do meia.

O Botafogo abriu o placar aos 22min, em cobrança de falta de Mateus, da entrada da área.

Pela direita, aos 38min, o São Paulo chegou ao empate, em chute cruzado de Belletti. A bola desviou na zaga antes de entrar.

Aos 11min do segundo tempo, os geradores de energia do estádio Santa Cruz falharam e a partida teve de ser interrompida.

Quando o jogo foi reiniciado, em um contra-ataque, Marcos Dener driblou a defesa do São Paulo e, aos 41min, chutou no canto esquerdo de Roger, para ampliar a vantagem do Botafogo.

O mesmo Marcos Dener teve a oportunidade de fechar o placar na sequência do segundo gol. Ele pegou um contra-ataque do time de Ribeirão, driblou a defesa e chutou, mas a bola raspou a trave de Roger e foi para fora.
Aos 59min do segundo tempo, Júlio Baptista invadiu a área do Botafogo, chutou por debaixo do goleiro Maurício e empatou o jogo. A partida acabou sendo terminada apenas aos 75min.

Após o final da partida, o treinador do time de São Paulo, Nelsinho Baptista, disse que achou o placar justo. "Fizemos um segundo tempo melhor, mas demoramos para entrar no ritmo."

Aristizábal

O atacante Aristizábal confirmou ontem à Folha que conversou com o diretor de futebol do São Paulo, José Dias, sobre a possibilidade de voltar ao São Paulo.

O atleta manifestou o interesse em retornar ao Morumbi, mas com uma condição: "Eu disse a eles que só voltaria para o São Paulo se fizesse um bom contrato". "Precisaríamos conversar e resolver a questão bem devagar", disse o colombiano, artilheiro da Copa América (seis gols).

Aristizábal afirmou ainda que não conversou com os dirigentes sobre a possibilidade de um acordo. A idéia do São Paulo é propor ao jogador um contrato de mais um ano. Em troca, o colombiano, que detém uma liminar contra o São Paulo que possibilitou a ele jogar fora do time, estaria liberado do clube ao fim do contrato.

"Antes, preciso falar com minha advogada. Vou esperar o resultado da audiência de segunda-feira na Justiça do Trabalho para tratar disso", disse o atacante.

Aristizábal disse ter propostas de outros três clubes, todos internacionais. "Quero estar jogando logo depois do dia 16 [quando a Colômbia enfrenta o Peru, pelas eliminatórias da Copa-2002]."

BOTAFOGO
Maurício; Bell, Fábio e Tony; Leandro, Capitão, Chicão e Anderson; Mateus (Alan) e Jajá (Rodrigão); Edvaldo (Marcos Dener)
Técnico: Ernesto Paulo

SÃO PAULO
Roger; Belletti (Douglas); Emerson, Rogério Pinheiro e Gustavo Nery; Alexandre, Fábio Simplício (Júlio Baptista), Carlos Miguel e Leonardo; França (Kaká) e Luís Fabiano
Técnico: Nelsinho Baptista

Local: estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto
Juiz: Luís Marcelo Vicentin Cansiam (SP)
Renda e público: não divulgados
Cartões amarelos: Chicão, Fábio, Marcos Dener e Capitão (B), Fábio Simplício e Carlos Miguel (SP)
Gols: Mateus, aos 22min, e Belletti, aos 38min do primeiro tempo; Marcos Dener aos 41min, e Júlio Baptista aos 59min do segundo tempo

Com a Folha Ribeirão e a Folha de S.Paulo

Leia mais sobre o Brasileiro:

  • Home

  • Artilheiros

  • Regulamento

  • Calendário

  • Campeões

  • Curiosidades

  • História

  • Grupos de discussão

  • Enquete
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página