Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
29/08/2001 - 23h44

São Paulo e Juventude empatam em jogo de seis gols

Publicidade

da Folha Online

Em um jogo que teve dois tempos distintos, São Paulo e Juventude empataram por 3 a 3, na noite de hoje, em Caxias do Sul, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

O time paulista foi comandado pelo atacante França, que marcou dois gols. O meia Kaká, destaque da equipe do técnico Nelsinho Baptista, construiu toda a jogada do terceiro, mas foi Luis Fabiano quem deu o último toque na bola. O juiz, no entanto, acabou validando o gol para o meia.

Leonardo Manzi, Fernando e Michael fizeram para os gaúchos.

Com o resultado, o time do Morumbi soma 15 pontos, na quarta colocação do Brasileiro. O Juventude é o 13º, com 11.

O jogo

O primeiro tempo começou bastante equilibrado, com poucas oportunidades de gol para os dois times. Na melhor delas, o Juventude abriu o placar, aos 25min. Fernando ganhou dividida com Leonardo no meio-campo, passou por França e chutou forte, na saída de Rogério Ceni.

O restante da etapa inicial foi monótono, e ambas equipes demonstravam falta de criatividade para ameaçar o rival.

No entanto o segundo tempo foi distinto e cheio de gols. Além de trocar Lino por Gustavo Nery, Nelsinho substituiu Júlio Baptista por Carlos Miguel. O time paulista melhorou e, mais organizado no meio-campo, empatou a partida aos 20min.

Após cruzamento de Belletti da direita na área, França dominou no peito e bateu de primeira para marcar um belo gol.

A partir daí o jogo ficou aberto. O Juventude respondeu cinco minutos depois com Michael. O atacante recebeu passe na ponta esquerda, deu um bonito corte em Belletti e acertou o ângulo de Rogério.

Foram precisos apenas mais cinco minutos para o São Paulo chegar novamente a igualdade. Após cruzamento na área, França cabeceou, e Diego defendeu; no rebote, a zaga do time gaúcho se atrapalhou, e a bola sobrou novamente para França, que chutou forte, entre as pernas do goleiro.

Este foi o quinto gol do jogador, principal goleador da equipe na temporada _34 gols_, no Nacional.

O time gaúcho fez o terceiro dois minutos depois. Leonardo Manzi completou cruzamento da direita e marcou de cabeça.

Oito minutos mais tarde, o São Paulo definiu o placar. Kaká dominou na área, ganhou da marcação e chutou forte, no meio do gol. O goleiro soltou a bola, e Luis Fabiano marcou de carrinho.

O juiz catarinense Paulo Henrique Bezerra anotou o gol para o meio-campista, que chega a sete no campeonato, vice-artilheiro da competição, com um a menos que o botafoguense Rodrigo.

JUVENTUDE
Diego; Edinho, Fernandão, Márcio e João Marcelo; Lau, Sidnei, Fernando e Dauri (Joelson); Leonardo Manzi (Didi) e Michel
Técnico: Zé Teodoro

SÃO PAULO
Rogério; Belletti, Jean, Rogério Pinheiro e Lino (Gustavo Nery); Fábio Simplício, Júlio Baptista (Carlos Miguel), Leonardo (Alexandre) e Kaká; França e Luís Fabiano
Técnico: Nelsinho Baptista

Local: estádio Alfredo Jacone, em Caxias do Sul;
Juiz: Paulo Henrique Bezerra (SC);
Renda e público: não divulgados;
Cartões amarelos: Rogério Pinheiro e Leonardo (SP); Leonardo Manzi, Fernandão e Joelson (J);
Cartão vermelho: Fábio Simplício (SP);
Gols: Fernando, aos 25min do primeiro tempo; França, aos 20min e aos 30min, Michel, aos 25min, Leonardo Manzi, aos 33min, e Luís Fabiano, aos 39min do segundo

Leia mais:
  • Artilheiros

  • Regulamento

  • Calendário

  • Campeões

  • Curiosidades

  • Classificação

  • História

  • Clubes

  • Divirta-se

  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página