Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/12/2001 - 23h43

Atlético-PR bate São Paulo, mantém tabu e vai às semifinais

Publicidade

da Folha Online

O Atlético-PR fez prevalecer a tradição e o retrospecto na noite de hoje para derrotar o São Paulo, por 2 a 1, na Arena da Baixada, e avançar às semifinais do Campeonato Brasileiro.

Respaldado pelo regulamento, a equipe paranaense tinha a seu favor a vantagem de decidir a vaga em casa, em um campo onde o rival paulista jamais o venceu. Além disso, podia jogar por dois empates _no tempo normal e na prorrogação_, mas não foi preciso.

Com o resultado, os paranaenses pegam o Fluminense, que passou pela Ponte Preta, nas semifinais do torneio.

Kléber e Alex Mineiro marcaram os gols do time mais ofensivo da competição nacional _60 gols. Adriano, de pênalti, descontou para a equipe do Morumbi.

O jogo

Debaixo de chuva e frio em Curitiba, os dois times começaram a partida nervosos. Apesar da vantagem, os anfitriões tomaram a iniciativa do jogo.

Depois de sufocar o São Paulo, o Atlético abriu o placar aos 27min. Após cruzamento na área de Adriano pela direita, Alex Mineiro ganhou de Gustavo Nery e rolou para Kléber, livre, chutar forte e marcar.

Na sequência, a equipe paulista perdeu seu principal articulador das jogadas, o meia Kaká, que deixou o gramado de maca após sofrer violenta falta de Cocito. Leonardo entrou no seu lugar.

Na etapa final, o time de Nelsinho voltou com uma postura mais agressiva, mas ficava exposto aos contra-ataques rápidos atleticanos.

O gol de empate saiu aos 21min. Adriano tocou de calcanhar para Gustavo Nery na entrada da área pela esquerda, e o juiz Antônio Pereira da Silva marcou pênalti. Adriano cobrou forte, no meio do gol, e empatou o jogo.

Os anfitriões souberam se refazer do gol e chegaram ao segundo gol aos 36min. Alex Mineiro aproveitou rebote de Rogério Ceni e marcou com o gol vazio.

No último minuto da partida, os são-paulinos ainda marcaram mais um gol, com Sandro Hiroshi _que entrou no lugar de Adriano_, mas o árbitro anulou o lance, alegando impedimento.

ATLÉTICO-PR
Flávio; Rogério Corrêa, Nem e Gustavo; Alessandro, Kléberson, Cocito (Pires), Adriano e Fabiano; Alex Mineiro e Kléber (Leonardo)
Técnico: Geninho

SÃO PAULO
Rogério; Belletti, Emerson, Júlio Santos e Gustavo Nery; Fábio Simplício, Júlio Baptista, Adriano e Kaká (Leonardo); França e Dill (Sandro Hiroshi)
Técnico: Nelsinho Baptista

Local: estádio Arena da Baixada, em Curitiba
Juiz: Antônio Pereira da Silva (GO)
Cartões amarelos: Gustavo, Kléberson, Cocito e Fabiano (A); Émerson e Júlio Baptista (S)
Gols: Kléber aos 28min do primeiro tempo; Adriano (de pênalti) aos 21 e Alex Mineiro aos 35min do segundo tempo

Leia mais sobre o Brasileiro:

  • Home

  • Artilheiros

  • Classificação

  • Regulamento

  • Calendário

  • Fase final

  • Campeões

  • Curiosidades

  • História

  • Grupos de discussão

  • Divirta-se
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página