Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
29/07/2007 - 19h15

Hoyama deixa Borges para trás e se torna o maior vencedor do Brasil em Pans

Publicidade

da Folha Online

O mesa-tenista Hugo Hoyama, 38, se tornou no Rio-2007 o brasileiro mais vitorioso da história dos Jogos Pan-Americanos, como nove medalhas de ouro. Ele ajudou a equipe brasileira a vencer a final por países contra a Argentina e deixou para trás o nadador Gustavo Borges, que soma oito medalhas douradas.

O ginasta cubano Erick López é maior vencedor da história dos Jogos, com 18 medalhas de ouro.

Na comemoração, Hoyama correu para abraçar Gustavo Borges, que estava no ginásio. "Quando eu vi o Gustavo eu até me emocionei. Isso mostra o espírito do atleta brasileiro. Ninguém pensa em recorde individual, e sim no Brasil", disse.

Além do título por equipes, Hoyama também conquistou um bronze, no torneio de simples, assim como Thiago Monteiro.

Em sua carreira, Hugo foi tricampeão pan-americano por equipes (1987, 1991 e 1995), título que voltou a conquistar agora em 2007. Individualmente, também venceu em duas oportunidades (1991 e 1995). Por fim, foi três vezes campeão em duplas (1991, 1995 e 2003).

Após o recorde, Hoyama disse que espera ser superado por Thiago Pereira em Guadalajara-2011. O nadador conquistou seis ouros no Pan-2007.

"Vou torcer muito para que o Thiago supere esta marca. Vou aproveitar estes quatro anos que terei para ser o recordista, já que não vou participar do próximo Pan. É o Brasil acima de tudo", afirmou.

Acompanhe as notícias em seu celular: digite o endereço wap.folha.com.br

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página