Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
13/02/2002 - 22h42

Corinthians joga um futebol "burocrático" e vence o River-PI

Publicidade

da Folha Online

Sem apresentar grande jogadas, o Corinthians bateu o River por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, e se classificou para a próxima fase da Copa do Brasil.

O próximo adversário do Corinthians na Copa do Brasil será a equipe do Americano.

Jogando pelo empate, o Corinthians começou a partida em ritmo lento, enquanto a torcida "Gaviões da Fiel" fazia a festa nas arquibancadas comemorando a conquista do carnaval paulista deste ano, em campo a equipe parecia estar de "ressaca".

O único que demonstrava mais disposição era o volante Vampeta. O jogador, que sonha com uma vaga na seleção de Felipão, correu e mostrou garra o jogo inteiro. "Tenho que pensar em jogar bem no Corinthians", disse o volante do Corinthians

Vampeta, foi o responsável pelo primeiro gol do Corinthians. Aos 29min, o volante pegou o rebote da zaga, ajeitou no peito e chutou de fora da área para abrir o placar.

O River não conseguia chegar perto da área do Corinthians e sabendo que Doni não inspira muita segurança, começou a arriscar chutes de longe, mas não levava muito perigo.

O Corinthians chegou a perder Fábio Luciano, que foi expulso no segundo tempo, mas Parreira recompôs a defesa tirando Leandro e colocando Batata em seu lugar.

O jogo ficou sem emoção e o Corinthians estava se mostrando satisfeito com o resultado.

No último minuto de partida em um raro lance de inspiração de Ricardinho, o meia deu um belo passe para Rogério que teve a tranquilidade de driblar o goleiro e fechar o placar.

"Procuramos trabalhar mais a bola. O que interessa é vencermos o jogo, independente da atuação de cada um", disse Ricardinho, em relação ao futebol apresentado pela equipe no jogo de hoje.

CORINTHIANS:
Doni; Rogério, Fábio Luciano, Scheidt e Kléber; Vampeta, Fabrício e Ricardinho; Gil, Leandro (Batata), Deivid.
Técnico:Carlos A. Parreira

RIVER-PI:
Régis; Vado, Róbson, Rawry e Naílton; Lira, Rondinelli, Alcimar (Tupã) e Mardônio; Gerônimo e Esquerdinha (Mairan).
Técnico:Argeu Santos

Gols: Vampeta aos 29min do primeiro tempo e Rogério aos 45min do segundo tempo.
Cartões amarelos: Kléber (C), Fabrício (C), Vado (R), Rondinelli (R) e Esquerdinha (R).
Cartão vermelho: Fábio Luciano (C)
Local: estádio do Pacaembú
Juiz: Álvaro Quelhas (MG)

Saiba tudo sobre a Copa do Brasil:

  • Artilheiros
  • Artilheiros da história
  • Calendário
  • Campeões
  • Chave
  • História
  • Regulamento



  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página