Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/02/2002 - 22h36

Em atuação apática, São Paulo perde para o Treze

Publicidade

da Folha Online

Em uma noite decepcionante, o São Paulo perdeu para o Treze da Paraíba, no estádio Amigão, em Campina Grande, em sua estréia na Copa do Brasil, hoje, por 1 a 0.

A derrota complicou a situação da equipe paulista, que, na próxima semana, em São Paulo, precisará vencer por dois gols de diferença para continuar na competição.

O primeiro tempo do São Paulo não foi empolgante. Faltou velocidade para o time de Nelsinho Baptista, que, no entanto, teve as melhores chances para marcar.

Com 15 minutos, o volante Maldonado acertou um chute violento da entrada da área que tocou na trave do goleiro Azul. Oito minutos depois, foi a vez de Kaká acertar a trave do time da Paraíba.

A equipe paulista ainda teve duas ótimas oportunidades para abrir o placar na etapa inicial. Aos 33 minutos, Kaká cruzou da direita para França, que chutou forte. O goleiro Azul defendeu parcialmente. Reinaldo quase abriu o placar, mas Azul fez outra grande defesa. Wilson, aos 40, perdeu a última chance do São Paulo na etapa inicial.

Aos dois minutos da etapa final, Capitão recebeu a bola dentro da área são-paulina e chutou forte, sem chance de defesa para o goleiro Rogério Ceni.

O gol tirou a concentração do São Paulo, que não conseguiu mais se encontrar na partida. A situação se complicou aos 22 minutos, quando o volante Maldonado foi expulso por atingir o lateral-direito Doriva em um carrinho violento.

O Treze ainda teve uma boa chance para ampliar o placar, aos 49 minutos, quando Rogério Miranda bateu cruzado e a bola passou raspando a trave de Rogério Ceni.

TREZE
Azul; Doriva, Walkmar, Almir Conceição e Bill; Rodrigo Tábata (Rogério Miranda), Adelmo (Israel), Val Pilar e Wendel; Dias e Capitão.
Técnico: Suélio.

São Paulo
Rogério Ceni; Émerson, Jean e Wilson (Lúcio Flávio); Belletti, Maldonado, Souza, Kaká e Gustavo Nery; França e Reinaldo (Dill).
Técnico: Nelsinho Baptista.

Gol: Capitão, aos dois minutos da etapa final.
Juiz: Antônio Cipriano de Almeida (RN).
Cartões amarelos: Maldonado, Reinaldo, Wilson, Wendel, Rodrigo Tábata, Val Pilar, Gustavo Nery e Azul.
Cartão vermelho: Maldonado.
Local: Campina Grande, hoje.

Saiba tudo sobre a Copa do Brasil:

  • Artilheiros
  • Artilheiros da história
  • Calendário
  • Campeões
  • Chave
  • História
  • Regulamento
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página