Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/08/2002 - 22h24

Santos vence Paraná e mantém 100% de aproveitamento na Vila

Publicidade

da Folha Online

O Santos venceu o Paraná por 2 a 1 de virada, nesta noite, na Vila Belmiro, e manteve o aproveitamento de 100% dos pontos disputados em seu legendário estádio na sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2002.

Maurílio (Paraná), Léo e Diego fizeram os gols do jogo. Foi a terceira vitória do jovem time comandado pelo técnico Émerson Leão em três jogos disputados em casa _as outras foram contra Botafogo (2 a 1) e Figueirense (3 a 0).

Desde janeiro, o Santos só perdeu uma vez nas 14 partidas em que atuou na Vila, em jogos válidos pelo Rio-São Paulo, Copa do Brasil e Brasileiro. Há cinco meses a equipe não perde em casa _o último fracasso aconteceu em 20 de março, na derrota por 2 a 1 para o Jundiaí.

Após um primeiro tempo sem gols, o veterano Maurílio, ex-Palmeiras e Juventude, abriu o placar para os paranaenses no primeiro minuto do segundo tempo, em cobrança de falta, e marcou seu quarto gol no campeonato.

Logo em seguida, Leão substituiu o zagueiro Alex pelo atacante William e pôs fim ao esquema 3-5-2. O Santos foi à frente e teve boas chances com Elano e Robinho.

Mas só empatou aos 18min, com o lateral-esquerdo Léo, em um rebote após cruzamento na área. O camisa 10 Diego virou o jogo e garantiu a vitória com um gol de pênalti, seu terceiro no Brasileiro-2002, após falta em Léo, aos 32min.

No final, o time ainda teve duas chances para ampliar, mas em ambas acertou a trave. Numa delas, aos 34min, Robinho invadiu a área pela direita, driblou três defensores e chutou com perigo.

Com o resultado, a equipe santista soma agora 10 pontos ganhos em cinco jogos e volta, provisoriamente, à zona de classificação do Brasileiro-2002. Embolados com o Santos na segunda posição do campeonato estão São Paulo, Lusa, Corinthians e Atlético-PR.

O Paraná, que não jogava havia 10 dias, sofre sua terceira derrota consecutiva e cai para a lanterna do campeonato. O time tem apenas três pontos ganhos, junto com o Paysandu, só que com um jogo a mais.

No final de semana, o Santos viaja a Porto Alegre para enfrentar o Inter no Beira-Rio, no sábado, às 16h. Já o Paraná recebe o Palmeiras em Curitiba, no domingo, no Pinheirão.

Homenagem
Antes do jogo, o volante Renato recebeu uma placa por ter completado 100 jogos com a camisa santista e por ter anotado o histórico gol de número 10.500 da história do clube. A marca foi conquistada diante do Figueirense, na última semana.

SANTOS
Júlio Sérgio; Preto, Alex (William) e André Luis; Elano (Alexandre), Paulo Almeida, Renatinho, Robinho e Leo; Diego e Alberto (Douglas).
Técnico: Emerson Leão

PARANÁ
Marcos; Luís Paulo, Cristiano, Fábio Luiz e Fabinho (Cris); Goiano, Sidnei, Émerson e Ronaldo (Tiago); Maurílio e Márcio (Alexandre).
Técnico: Otacílio Gonçalves

Local: estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Juiz: Wilson de Souza Mendonça (PE)
Renda: R$ 71.455,00
Público: 7.661 pagantes
Cartões amarelos: Luís Paulo (P), Ronaldo (P); Elano (S), Robinho (S)
Cartão vermelho: Sidnei (P)
Gols: Maurílio, aos 1min; Léo, aos 18min; e Diego, aos 31min todos no segundo tempo

Leia mais: Campeonato Brasileiro
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página