Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/09/2002 - 22h34

Santos empata com o Gama e perde Diego para o clássico

da Agência Folha

Numa partida de baixo nível técnico, o Santos empatou com o Gama, fora de casa, por 0 a 0.

Com o resultado, foi a 22 pontos, ocupando a sétima colocação -empata em pontos e em saldo de gols com o Guarani, mas leva vantagem no número de gols marcados, 21 contra 15.

Já o Gama continua no bloco intermediário da tabela de classificação, agora com 15 pontos.

No primeiro tempo, as equipes estavam mais preocupadas em desarmar do que em tentar criar chances para abrir o placar.

O time da casa, por exemplo, só teve duas oportunidades para marcar -um lance com Rodrigo, que chegou a anotar logo no início do jogo, mas em posição de impedimento, outro com Dimba, que chutou forte, aos 6min, a bola bateu na zaga e foi para escanteio.

O Santos, por sua vez, teve sua melhor chance aos 13min, em cobrança de falta de Diego, que acabou indo para fora.

No intervalo, o meia Jackson, do Gama, reconhecia que a partida estava muito fraca. "Ninguém quer tomar gol, então fica difícil jogar. O 0 a 0 está mais do que bom", comentou o jogador.

Do lado do Santos, o meia Diego, que recebeu o terceiro cartão amarelo e não poderá enfrentar o Palmeiras, domingo, na Vila Belmiro, reclamava do estado do gramado. "Pior impossível. Com tanto buraco, não é fácil tocar a bola, a gente erra muito passe."

Sobre a ausência no clássico de domingo, diz não ter ficado muito chateado. "É um jogo a mais. Se o amarelo não viesse agora, certamente viria mais para a frente."

No segundo tempo, depois de um início ruim por parte dos dois times, o Gama chegou a melhorar e criar algumas oportunidades.

Entre o 13º e o 18º minuto, o time desperdiçou três chances, uma com Jairo, outra com Dimba e a última com Lindomar.

O Santos só passou a atacar com mais constância nos últimos 15 minutos, quando criou suas duas únicas chances de gol na etapa final -uma delas com Renatinho, que chutou com perigo à direita do gol de Pitarelli.

A equipe de Emerson Leão, que volta amanhã cedo para São Paulo, está dispensada. Segundo a assessoria de imprensa do clube da Vila Belmiro, os jogadores se reapresentarão sábado, a fim de iniciar a concentração para a partida contra o Palmeiras, que hoje venceu o Paysandu.

GAMA
Pitarelli, Valdir (Paulo Henrique), Gerson, Jairo e Rochinha; Rafael (Anderson), Deda, Lindomar e Jackson; Dimba e Rodriguinho (Romualdo)
Técnico: Giba.

SANTOS
Júlio Sérgio; Maurinho, Preto, Alex e Léo; Paulo Almeida, Renato, Diego (William) e Elano; Robinho (Robert) e Alberto
Técnico: Émerson Leão.

Local: Estádio Bezerrão, em Brasília (DF)
Juiz: Álvaro Azeredo Quelhas (MG)
Cartões amarelos: Rafael, Jairo, Gerson (G); Paulo Almeida, Diego (S)
Cartões vermelhos: Jairo (G)

Leia mais: Campeonato Brasileiro
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página