Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
06/11/2002 - 23h42

Luis Fabiano marca três gols e o São Paulo consolida 1° lugar

da Folha Online

O São Paulo provou mais uma vez porque é a equipe de melhor ataque no Campeonato Brasileiro: goleou o Vasco por 5 a 3, hoje, no estádio do Morumbi, garantindo classificação matemática à segunda fase da competição.

O resultado também serviu para consagrar o atacante Luis Fabiano, que marcou três gols e assumiu a artilharia da competição, com 18 gols.

Com 46 pontos, o São Paulo consolidou a liderança da competição, conquistou a oitava vitória consecutiva e não perde há 10 jogos. O ataque são-paulino marcou 53 gols até agora.

Desfalcado do goleiro Rogério Ceni, do zagueiro Ameli e do volante Maldonado, o São Paulo mostrou muita fragilidade em seu sistema defensivo durante a partida. Roger, o substituto de Rogério, esteve inseguro, enquanto Régis, que entrou na vaga de Maldonado, parecia não estar no mesmo ritmo dos outros jogadores.

Apesar de jogar com apenas uma atacante, Zé Carlos, o Vasco soube chegar ao ataque com o bom toque de bola dos armadores Ramon e Petkovic.

Depois de pressionar a defesa são-paulina, o Vasco abriu o placar aos 32min. Petkovic lançou Ramon na área do São Paulo, ele se livrou da marcação adversária e bateu forte, de pé esquerdo.

Três minutos depois, Ramon -que já havia acertado uma cobrança de falta no travessão- recebeu outro passe nas costas da zaga são-paulina e tocou na saída de Roger.

Depois do choque inicial causado pelos dois gols, o São Paulo resolveu partir para o ataque e conseguiu diminuir aos 45min, num lance muito contestado pelos jogadores vascaínos. Henrique colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro Wilson de Souza Mendonça considerou a jogada intencional. Luis Fabiano bateu forte e marcou o seu 16° gol na competição.

O São Paulo foi para o vestiário mais aliviado.

O segundo tempo foi marcado por um festival de gols. Aos 16min, após uma cobrança de escanteio, Jean empatou a partida. Aos 22min, Zé Carlos marcou o terceiro gol do Vasco.

Então, Luis Fabiano pareceu para virar o resultado, aos 23min e aos 29min. O zagueiro Júlio Santos garantiu a vitória um minutos depois.

SÃO PAULO
Roger, Gabriel, Régis, Jean e Gustavo Nery; Fábio Simplício, Júlio Santos, Ricardinho (Adriano) e Kaká; Reinaldo (Leandro) e Luis Fabiano
Técnico: Oswaldo de Oliveira

VASCO
Fábio, Rogério Pinheiro, Géder e Marcelo; Russo (Glaydson), Henrique, Léo Lima (Rodrigo Souto), Petkovic e Edinho; Ramon e Zé Carlos (Ely Thadeu)
Técnico: Antônio Lopes

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Juiz: Wilson de Souza Mendonça (PE)
cartões amarelos: Marcelo e Luis Fabiano
Gols: Ramons, aos 32min e aos 35min, e Luis Fabiano, aos 45min do primeiro tempo; Jean, aos 16min, Zé Carlos, aos 22min, Luis Fabiano, aos 23min e aos 29min, e Júlio Santos, aos 30min

Leia mais: Campeonato Brasileiro
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página