Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/11/2002 - 22h23

São Paulo bate o Vitória, garante o 1º lugar e comemora 11 jogos invicto

da Folha Online

O São Paulo derrotou o Vitória por 3 a 2, de virada, hoje, no estádio do Morumbi, e garantiu o primeiro lugar na fase de classificação, com 49 pontos. Foi a nona vitória consecutiva da equipe comandada pelo técnico Oswaldo de Oliveira, que comemorou ainda a 11ª partida de invencibilidade.

Com o time já classificado, Kaká, Ameli, Rogério Ceni, Júlio Santos e Ricardinho "forçaram" o terceiro cartão amarelo e não enfrentarão o Botafogo, domingo, no Rio de Janeiro, entrando "limpos" na fase decisiva. O Vitória -que tem 34 pontos e chances matemáticas de classificação- jogará contra o Palmeiras, em Salvador.

Os primeiros minutos do São Paulo foram marcados por uma certa dose de desatenção e relaxamento. Como de costume, a zaga voltou a falhar. Isso custou ao time dois gols de maneira precoce.

Aos 7min, Zé Roberto ganhou a disputa de bola com Júlio Santos, invadiu a área são-paulina e bateu no canto de Rogério Ceni, que ficou estático, olhando a bola entrar.

O primeiro gol não foi suficiente para produzir o choque necessário para que os são-paulinos entrassem definitivamente na partida. Seis minutos depois do gol de Zé Roberto, Leílton avançou pela esquerda e deu um leve toque no canto de Rogério Ceni. O Vitória ampliava o placar no Morumbi.

Só então o São Paulo se organizou, apertou a marcação no meio-de-campo e passou a pressionar a defesa adversária. Aos 24min, Kaká recebeu a bola dentro da área, levou a marcação de Emerson e bateu no canto de Jean.

O gol animou os são-paulinos, que chegaram ao empate cinco minutos depois. Ricardinho roubou a bola na intermediária de Fernando e deixou Leandro na cara gol. Ele não desperdiçou.

O Vitória ainda teve uma chance para ampliar o resultado na primeira etapa. Aos 43min, Fernando cobrou falta de longa distância e a bola passou raspando a trave de Rogério Ceni.

o São Paulo decidiu a partida aos 9min da etapa final. Kaká invadiu a área do Vitória pela direita e cortou o zagueiro Elói, que, sem outra alternativa, colocou a mão na bola. Reinaldo cobrou forte e marcou o terceiro gol são-paulino.

O São Paulo passou o resto do tempo arranjando alternativas para que seus atletas "cavassem" cartões amarelos.

O Vitória pressionou em busca do empate, mas suas dificuldades aumentaram com a expulsão de Fernando, no meio da segunda etapa.

SÃO PAULO
Rogério; Gabriel, Ameli (Wilson), Régis e Gustavo Nery; Júlio Santos, Fábio Simplício, Ricardinho (Júlio Baptista) e Kaká (Adriano); Reinaldo e Leandro.
Técnico: Oswaldo de Oliveira

VITÓRIA
Jean; Eduardo Alcides, Marcos (Moura) e Elói; Ramalho, Emerson (André), Fernando, Allan Delon (Leonardo) e Leílton; Zé Roberto e Aristizábal.
Técnico: Joel Santana

Local: estádio Morumbi, em São Paulo (SP)
Juiz: Márcio Rezende de Freitas (SC)
Cartões amarelos: Zé Roberto, Kaká, Reinaldo, Fernando, Ricardinho, Ameli, Gabriel, Rogério Ceni, Júlio Santos e Gustavo Nery
Cartão vermelho: Fernando
Gols: Zé Roberto, aos 7min, Leílton, aos 13min, Kaká, aos 24min, e Ricardinho, aos 29min do primeiro tempo; Reinaldo, aos 9min da etapa final

Leia mais: Campeonato Brasileiro
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página