Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
09/04/2003 - 22h23

São Paulo ganha e faz Oswaldo de Oliveira respirar aliviado

da Folha Online

O técnico Oswaldo de Oliveira voltou a respirar no São Paulo: no dia em que decidiu mexer no time e promover as estréias de Adriano e Souza, a equipe jogou bem e venceu o Figueirense por 2 a 0, hoje à noite, em Florianópolis.

Com o resultado, a equipe deu um passo importante para se classificar às quartas-de-final da Copa do Brasil. No jogo de volta, na semana que vem, pode perder por até um gol de diferença.

O time paulista volta a jogar no domingo, também em Santa Catarina, contra o Criciúma, desta vez pelo Campeonato Brasileiro.

O São Paulo teve dificuldades para se adaptar ao gramado do Estádio Orlando Scarpelli no primeiro tempo. Esburacado, o campo prejudicou o toque de bola da equipe paulista, que começou na defensiva, aguardando a postura de seu rival.

Preocupado em abrir logo o placar, o Figueirense saiu para o campo de ataque, mas foi impedido pela boa marcação do meio-campo são-paulino. Truncada, a partida teve muitas faltas e as melhores chances foram criadas em cobranças de falta.

O segundo tempo mal havia começado quando Luís Fabiano, a 1min, escorou um cruzamento de Ricardinho para a área e marcou. Foi o 18º gol do atacante em 18 jogos na temporada, uma impressionante média de um gol por jogo.

Fechado, o São Paulo aproveitou a vantagem no marcador para explorar apenas os contragolpes. Satisfeito com o resultado, Oswaldo de Oliveira tirou Luís Fabiano e promoveu a estréia de Rico. Aos 34min, o ex-jogador da Portuguesa Santista tocou para Júlio Baptista bater na saída do goleiro e ampliar.

FIGUEIRENSE
Edson Bastos; Paulo Sérgio (Zinho), Márcio Goiano, Cleber e Emerson; Jeovânio, Luciano Sorriso, Bilu e Danilo (Oliveira); Marcelo Régis (Roberto) e Evair
Técnico: Vagner Benazzi

SÃO PAULO
Roger; Fábio Simplício, Jean, Gustavo Nery e Fabiano; Adriano, Júlio Baptista, Ricardinho e Souza (Gallo); Reinaldo (Kléber) e Luís Fabiano (Rico)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Gols: Luís Fabiano a 1min e Júlio Baptista aos 34min do segundo tempo
Juiz: Carlos Eugênio Simon (RS)
Cartões amarelos: Bilu, Reinaldo, Adriano, Roger e Fábio Simplício
Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, hoje à noite

Especial
  • Copa do Brasil

  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página