Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/08/2003 - 17h52

Santos perde em SC e deixa escapar a liderança isolada do Brasileiro

da Folha Online

O Santos perdeu para o Figueirense por 1 a 0 neste sábado, em Santa Catarina, e deixou escapar a chance de se isolar na liderança do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Triguinho, a cinco minutos do fim.

Com o resultado, o atual campeão brasileiro se manteve com 48 pontos, mesmo número do Cruzeiro, que joga amanhã contra a Ponte Preta. Os mineiros, entretanto, têm melhor saldo de gols --21 contra 18.

No primeiro tempo o Santos teve maior posse de bola e trocou bons passes na intermediária, mas não criou muitas chances de gol. A melhor foi aos 41min, com Elano. O meia dominou dentro da área e chutou rasteiro, obrigando o goleiro Edson Bastos a se esticar todo para espalmar para escanteio.

O Figueirense, mesmo jogando em casa, não procurava muito o ataque. A única chance de gol foi quando o zagueiro Cléber, ex-Palmeiras e Santos, aproveitou uma sobra após cobrança de falta e chutou à esquerda de Fábio Costa.

Na segunda etapa o time catarinense atacou mais e teve duas boas chances de gol antes de abrir o placar. Aos 26min, Pedro cobrou falta com força e Fábio Costa salvou. Aos 37min, Felipe, sozinho na área, cabeceou para fora.

O gol veio aos 40min. Triguinho arrancou pela esquerda, invadiu a área, driblou Preto e chutou cruzado para garantir o gol da vitória do Figueirense, que chegou aos 34 pontos.

Além da derrota, o Santos passou a trabalhar desde hoje com a possibilidade de perder mais um atleta importante para o futebol europeu. A partida em Florianópolis pode ter sido a última de Nenê com a camisa do time. O jogador recebeu uma proposta do Mallorca (Espanha), e um acerto é esperado para segunda-feira.

O Santos não receberá nada pela negociação, já que o contrato do atleta prevê seu desligamento em caso de receber uma proposta mais vantajosa financeiramente.

FIGUEIRENSE
Edson Bastos; Pedro, Márcio Goiano, Cléber e Triguinho; Jeovânio (Paulo Sérgio), Luciano Sorriso, Bilu e William; Felipe Oliveira e Sandro Hiroshi (Fernandinho)
Técnico: Luiz Carlos Ferreira

SANTOS
Fábio Costa; Reginaldo Araújo, Preto, Alex e Rubens Cardoso (Daniel); Alexandre, Renato, Elano e Diego; Nenê (Val Baiano) e Fabiano
Técnico: Emerson Leão

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis
Juiz: Wagner Tardelli Azeredo (Fifa-RJ)
Auxiliares: Carlos Henrique Alves de Lima (RJ) e João Luís Ribeiro Magalhães (RJ)
Cartões amarelos: William e Pedro (Figueirense); Rubens Cardoso, Daniel e Alex (Santos)
Gols: Triguinho, aos 41min do segundo tempo

Especial
  • Campeonato Brasileiro
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página