Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
23/08/2003 - 17h55

Santos vence e tira o Cruzeiro da liderança do Brasileiro após 20 rodadas

da Folha Online

Depois de passar 20 rodadas seguidas com o Cruzeiro na ponta, o Campeonato Brasileiro tem um novo líder. O Santos venceu o Flamengo por 2 a 1 na tarde deste sábado, na Vila Belmiro, e beneficiado pela derrota (1 a 0) do time mineiro para o Goiás, se isolou no topo pela primeira vez neste Nacional.

O atual campeão brasileiro tem agora 54 pontos, contra 52 do Cruzeiro, que neste domingo pode ser ultrapassado também pelo São Paulo (50), adversário do Vasco, em São Januário.

Além da liderança, a vitória do Santos também teve um sabor especial para Emerson Leão, que chegou ao seu 100º triunfo em 195 jogos pelo clube --contando a sua passagem em 1998. Os gols que fizeram o técnico chegar à marca história foram marcados por Elano e Alex. Edílson fez o de honra dos cariocas.

O jogo

Com o Flamengo recuado em seu campo e tendo dificuldades para passar pelo meio de campo, o Santos sufocou o rival desde o primeiro minuto na etapa inicial. Aos 13min, Diego arrancou pelo meio, tocou para Elano, que chutou para defesa de Júlio César. Em seguida, Robinho desviou uma cobrança de escanteio e Elano desta vez não desperdiçou, pegando de virada para abrir o placar.

A equipe carioca seguia acuada e só parava os santistas com faltas. Numa delas, na intermediária pelo lado direito, o zagueiro Alex cobrou a infração com bastante força e colocou a bola no canto baixo de Júlio César.

A primeira --e única-- jogada de perigo do Flamengo em todo o primeiro tempo só aconteceu aos 41min, quando Anderson bateu falta com força e Fábio Costa se esticou todo para espalmar.

Na volta do segundo tempo o técnico Oswaldo de Oliveira tirou o meia Yan e colocou o volante Jonatas, dando, assim, mais liberdade para Fábio Baiano. Com o meio-campista mais à frente, encostando no ataque, o Flamengo cresceu de produção e mudou completamente o panorama do jogo.

Logo aos 2min, Fábio Baiano assustou Fábio Costa ao chutar forte da entrada da área, por cima do gol. Cinco minutos depois, o flamenguista lançou Rafael e o lateral-direito foi derrubado dentro da área por Robinho. Edílson cobrou e converteu o pênalti, diminuindo a vantagem santista.

Fábio Baiano voltou a levar perigo aos 20min, quando bateu e a bola passou rente ao travessão. O Flamengo pressionou até o final, chegou a ficar com quatro atacantes em campo, mas o Santos conseguiu segurar o resultado.

SANTOS
Fábio Costa; Reginaldo Araújo, Alex, André Luiz e Léo; Paulo Almeida, Renato, Elano e Diego (Alexandre); Robinho e Marcelo (Fabiano).
Técnico: Emerson Leão

FLAMENGO
Júlio César; Rafael, Fernando, André Bahia e Anderson; Fabinho (Andrezinho), Fábio Baiano, Yan (Jonatas) e Igor (Zé Carlos); Edílson e Jean.
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Gols: Elano, aos 14min, e Alex, aos 23min do primeiro tempo; Edílson, aos 7min da segunda etapa
Local: Vila Belmiro, em Santos
Juiz: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Cartões amarelos: Elano, Léo, Robinho (S); André Bahia, Fabinho, Jonatas e Fernando (F)

Especial
  • Campeonato Brasileiro

  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página