Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/02/2010 - 09h34

Geórgia de luto marca abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno

Publicidade

da Folha de S.Paulo

Era para ser uma noite marcada somente por festividades. Mas a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver, realizada na madrugada de ontem, rendeu homenagens ao georgiano Nodar Kumaritashvili, que morreu horas antes em um acidente nos treinos do luge, trenó sobre o qual o competidor fica deitado, com o peito para cima.

A entrada da delegação da Geórgia comoveu as 60.600 pessoas que lotaram o BC Place para assistir à cerimônia.

Antes da abertura, o comitê olímpico do país cogitava abandonar os Jogos. Mas, assim como permaneceram em Pequim-2008 apesar de o país estar em guerra com a Rússia, os esportistas georgianos decidiram também participar da Olimpíada de Inverno.

No desfile de abertura, a delegação do país entrou no estádio trajando roupas vermelhas com tarjas de luto no braço direito e cachecóis pretos.

Alguns dos atletas georgianos tentavam conter as lágrimas. Foram aplaudidos de pé pelos espectadores. Durante a cerimônia, também foi respeitado um minuto de silêncio em memória a Kumaritashvili.

No mesmo dia da morte do georgiano, a japonesa Yuka Fujimori também foi parar no hospital. A snowboarder sofreu um acidente em treino, mas passa bem e já recebeu alta.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página