Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/01/2004 - 00h58

Brasil só empata com Chile e terá que disputar repescagem no Pré-Olímpico

Publicidade

da Folha Online

Sob pressão, a seleção brasileira sub-23 não conseguiu passar de um empate por 1 a 1 com o Chile, na noite desta quinta (madrugada de sexta no Brasil), no encerramento da primeira fase do Pré-Olímpico, em Concepción (Chile).

Agora, o time do técnico Ricardo Gomes terá que disputar a repescagem para continuar sonhando com uma das duas vagas sul-americanas nos Jogos Olímpicos de Atenas-04 --joga no domingo, em Viña del Mar, contra o terceiro colocado do Grupo B, que será definido nesta sexta.

Com o resultado, o Brasil terminou na segunda colocação do Grupo A, com oito pontos. O Chile, primeiro colocado, com dez pontos, avançou direto para o quadrangular final do torneio.

Apesar do resultado, a seleção brasileira começou melhor na partida, pressionando o rival, que entrou em campo com posicionamento defensivo. Aos 19min do primeiro tempo, o Brasil abriu o marcador. Fábio Rochemback cobrou escanteio e Alex, de cabeça, colocou a bola no ângulo esquerdo do goleiro Bravo.

Três minutos depois, Rochemback cobrou falta, com força, mas o goleiro Bravo fez boa defesa.

Sentindo a pressão, o técnico chileno, Juvenal Olmos começou a mexer no time e, até os 33min, fez as três alterações a que tinha direito. As mudanças surtiram efeito e o Chile melhorou no jogo, principalmente na segunda etapa. Logo aos 3min, Fierro chegou a marcar, mas o juiz anulou corretamente, marcando impedimento.

Aos 19min, o time da casa chegou ao empate. Em cobrança de escanteio, Beausejour subiu sozinho e cabeceou. Maicon tirou, mas, no rebote, o chileno, novamente de cabeça, marcou.

Mesmo com um a menos a partir dos 21min do segundo tempo, depois que Carrasco foi expulso, o Chile soube segurar o resultado e não deu chances para o Brasil.

BRASIL
Gomes; Maicon, Edu Dracena, Alex e Maxwell; Paulo Almeida (Dudu Cearense), Fábio Rochemback (Daniel Carvalho), Elano (Marcel) e Diego; Dagoberto e Robinho.
Técnico: Ricardo Gomes.

CHILE
Bravo; Contreras (Fierro), Riffo, Fuentes e Aceval; Mark Gonzalez, Carrasco, Figueroa e Millar (Valdivia); Villanueva (Beausejour) e Soto.
Técnico: Juvenal Olmos.

Local: estádio Muncipal de Concepción (Chile).
Juiz: Cláudio Martín (Argentina).
Cartões amarelos: Paulo Almeida, Fábio Rochemback e Diego (B); Fuentes e Valdivia (C).
Cartão vermelho: Carrasco (C).
Gols: Alex, aos 19min do primeiro tempo; Beausejour, aos 19min do segundo tempo.

Leia mais
  • Brasil pode pegar a Argentina na repescagem do Pré-Olímpico
  • Federação Chilena de Futebol age para conter onda de violência
  • Diego reclama, toma cartão e vira desfalque do Brasil
  • Paraguai vence o Uruguai e vai para a repescagem no Pré-Olímpico

    Especial
  • Saiba mais sobre o Pré-Olímpico do Chile-2004
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página