Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/05/2004 - 23h56

Santos empata na Vila Belmiro e se complica na Libertadores

Publicidade

da Folha Online

O Santos complicou sua situação na Taça Libertadores-2004 ao empatar por 1 a 1 com o Once Caldas, da Colômbia, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro. Agora, para chegar às semifinais, o time precisa vencer o jogo de volta --um novo empate leva a partida para os pênaltis.

O poderoso ataque do Santos, o melhor desta Libertadores, com 20 gols nos oito jogos que havia disputado até então, entrou em campo com a obrigação de funcionar para conseguir uma vitória, se possível com uma boa diferença de gols, para dar certa tranqüilidade no jogo de volta, dia 27.

Para complicar, os santistas terão que superar o bom desempenho do Once Caldas quando atua diante de sua torcida, na cidade de Manizales. Na atual edição da Libertadores, nos quatro jogos que disputou em seus domínios, a equipe colombiana está invicta: foram três vitórias e um empate.

O Santos não poupou esforços para atingir o seu objetivo na primeira etapa, criando boas chances para marcar em chutes de longa distância, principalmente com Elano. A melhor chance, no entanto, foi numa cabeçada de Deivid, que tocou na trave e correu em cima da linha até ser defendida pelo goleiro Henao.

Logo no começo do segundo tempo, o Santos levou um susto. O colombiano Arango chutou de fora, a bola desviou em um defensor e acabou tocando na trave de Júlio Sérgio.

O Santos continuou pressionando e só não marcou numa cabeçada de Renato porque o goleiro Henao fez grande defesa. Aos 38min, Basílio abriu o placar. O problema é que o Santos não conseguiu segurar a vitória e levou o empate aos 43min, num chute de Valentierra.

Antes de viajar para a Colômbia, no entanto, o Santos teve uma partida difícil pelo Campeonato Brasileiro, no domingo, na Vila Belmiro, quando receberá o Palmeiras, no clássico paulista da rodada. O Santos ocupa a 17ª posição, com seis pontos.

Especial
  • Leia mais notícias no especial da Libertadores-2004
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página