Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/06/2000 - 17h58

São Paulo amplia crise palmeirense com vitória na Copa do Brasil

Publicidade

da Folha Online

Márcio Fernandes

Raí e França comemoram gol

O São Paulo ajudou a "afundar" um pouco mais o Palmeiras neste domingo (25) no primeiro jogo entre as duas equipes pelas quartas-de-final da Copa do Brasil. Depois de perder a final da Taça Libertadores da América para o Boca Juniors, da Argentina, o time de Luiz Felipe Scolari perdeu para o São Paulo por 2 a 1.

Com o resultado, o São Paulo poderá empatar a próxima partida, na terça-feira, que estará classificado para a próxima fase da competição. Uma vitória por 1 a 0 do Palmeiras classifica o time do Parque Antarctica, que marcou um gol no jogo deste domingo na casa do adversário.

As duas equipes fizeram "dois jogos" neste domingo. A diferença na forma de atuar dos dois times em cada tempo de jogo foi gritante. No primeiro tempo, depois de um começo apático, o São Paulo abriu o placar aos 13min, depois de um belo toque de Raí para França, que encobriu o goleiro Marcos com um toque sutil.

A partir daí, o time do técnico Levir Culpi teve total domínio do jogo. O Palmeiras não teve uma única chance real de gol durante todo o primeiro tempo.

Logo depois do gol, França perderia a chance de ampliar para o São Paulo, aos 15min, em um chute cara-a-cara com o goleiro que foi para fora.

Aos 34 min, Marcos mais uma vez salvou o Palmeiras em uma cabeçada de Fabiano que o goleiro defendeu em cima da linha.

O ritmo de jogo diminuiu bastante a partir dos 35min. Com muitos erros de passe dos dois times, nenhuma jogada de destaque foi produzida.

No segundo tempo, os times inverteram os papéis e foi a vez do Palmeiras pressionar. O time voltou do vestiário com a postura em campo totalmente modificada.

Logo aos 7min, Euller perdeu boa chance de empatar chutando em cima de Rogério.

O técnico Scolari tirou o atacante Alberto para colocar Luís Cláudio. A substituição surtiu efeito e o atacante deu mais mobilidade ao ataque palmeirense.

Aos 20min, o zagueiro Edmílson fez pênalti em Euller. Alex bateu com categoria e empatou para o Palmeiras.

Apesar do domínio palmeirense no segundo tempo, o São Paulo voltou a estar na frente no placar aos 37min. Raí completou cruzamento da direita de Pimentel e fez 2 a 1 para o São Paulo.

O Palmeiras ainda teve a chance de empatar novamente aos 39min, mas o goleiro Rogério acabou defendendo uma cabeçada de Argel dentro da área.

SÃO PAULO x PALMEIRAS

SÃO PAULO
Rogério; Belletti, Edmílson, Rogério Pinheiro e Fábio Aurélio; Vágner, Maldonado, Fabiano (Edu) e Raí; Marcelinho (Pimentel) e França (Carlos Miguel)
Técnico: Levir Culpi

PALMEIRAS
Marcos; Neném, Argel, Roque Júnior e Júnior; Galeano, Fernando (Basílio), Rogério e Alex; Euller e Alberto (Luís Cláudio)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Gols: França, aos 13min do primeiro tempo; Alex, aos 20min do segundo tempo, e Raí, aos 37min do segundo tempo
Cartões amarelos: Rogerio Ceni, Rogério Pinheiro (S); Galeano, Alex (P)
Cartões vermelhos: Belletti (S)

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Juiz: Romildo Correa (SP)

Leia mais sobre esporte na Folha Online

Discuta esta notícia nos Grupos de Discussão da Folha Online
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página