Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
30/11/2000 - 23h38

Palmeiras vence clássico e está nas quartas da Copa JH

Publicidade

da Folha Online

Em um jogo bastante movimentado, com grandes emoções para a torcida, o Palmeiras deu sequência a sua fase vitoriosa, derrotou o São Paulo por 2 a 1, no Morumbi, classificou-se para as quartas-de-final da Copa João Havelange e eliminou o rival da competição.

Com a vitória, o time de Marco Aurélio, que no primeiro jogo havia empatado por 1 a 1 com o São Paulo, no Pacaembu, está invicto há 12 jogos, com nove vitórias e três empates.

A última derrota aconteceu há 39 dias, para a Ponte Preta, em Campinas, por 5 a 1, na primeira fase da Copa JH.

Nas quartas-de-final o Palmeiras enfrenta o São Caetano, que eliminou o Fluminense.

Além de classificar o Palmeiras, o resultado também serviu para quebrar um tabu do Palmeiras contra o São Paulo no ano. As equipes haviam jogado cinco vezes em 2000, com quatro vitórias dos são-paulinos e um empate.

Apesar das boas chances criadas pelas duas equipes, o primeiro gol só saiu aos 35min do primeiro tempo.

Maldonado puxou Galeano pela camisa dentro da área e o juiz marcou pênalti. Tuta cobrou no canto direito de Rogério e marcou.

Apesar da estar à frente no placar, Marco Aurélio voltou para o segundo tempo com o atacante Juliano no lugar do volante Magrão.

Mas quem marcou foi o São Paulo. Aos 10min, Taddei faz falta em Sandro Hiroshi e o juiz deu pênalti. Marcelo Ramos cobrou no canto direito e empatou.

No minuto seguinte, no entanto, o Palmeiras passou à frente novamente. Arce cobrou falta da direita para dentro da área e a bola sobrou para Paulo Turra. O jogador tentou o chute para o gol e acabou tocando para Galeano, que caído desviou para o gol.

Melhor no segundo tempo, o Palmeiras ainda pressionou o São paulo, que teve o volante Maldonado expulso por jogo violento.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Pimentel, Wilson, Jean e Gustavo; Maldonado, Fábio Simplício, Beto (Fabiano) e Souza (Júlio Batista); Sandro Hiroshi e Marcelo Ramos.
Técnico: Levir Culpi

PALMEIRAS
Sérgio; Arce, Paulo Turra, Gilmar e Tiago Silva; Galeano, Magrão (Juliano), Taddei e Flávio; Juninho (Adriano) e Tuta (Thiago Matias).
Técnico: Marco Aurélio

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Juiz: Paulo César de Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Taddei e Tuta (P); Jean e Fabiano (S)
Cartão vermelho: Maldonado (S)
Gols: Tuta (de pênalti), aos 35min do primeiro tempo; Marcelo Ramos (de pênalti), aos 11min, e Galeano, aos 12min do segundo
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página