Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
03/07/2005 - 10h41

Alonso vence GP da França e aumenta vantagem na F-1

Publicidade

da Folha Online

O espanhol Fernando Alonso (Renault) venceu o GP da França de F-1, disputado neste domingo, no circuito de Magny-Cours, e aumentou sua vantagem no Mundial de pilotos. O finlandês Kimi Raikkonen (McLaren) foi o segundo colocado, e Michael Schumacher (Ferrari), em terceiro, completou o pódio.

O brasileiro Rubens Barrichello não fez uma boa prova. Após largar na quinta colocação, o piloto da Ferrari chegou apenas em nono lugar e acabou não pontuando.

Felipe Massa também não teve um bom final de semana. O brasileiro, da equipe Sauber, largou na nona colocação, mas teve problemas hidráulicos em seu carro e acabou abandonando a prova.

Com a vitória deste domingo, Alonso disparou na liderança do Mundial. O piloto da Renault soma agora 69 pontos, contra apenas 45 de Raikkonen, segundo colocado. O alemão Michael Schumacher ocupa a terceira colocação, com 40 pontos.

O brasileiro Rubens Barrichello ocupa o quinto posto, com 29 pontos. O piloto da Ferrari foi ultrapassado por Jarno Trulli, da Toyota, que agora soma 31 pontos e ocupa a quarta colocação.

A largada manteve Fernando Alonso na pole, e Rubens Barrichello saiu da quinta para a quarta posição, ultrapassando Takuma Sato.

Com o carro visivelmente mais leve, o piloto espanhol, da Renault, abriu larga vantagem sobre os concorrentes no início da corrida. Sem adversários, Alonso figurou tranqüilo na primeira colocação durante toda a prova.

O finlandês Kimi Raikkonen, da McLaren, fez uma prova de recuperação, e após largar na 13ª posição, já ocupava a segunda colocação antes da metade da prova. Schumacher adotou a estratégia de fazer três paradas --a mesma utilizada por Barrichello-- e não conseguiu seguir o ritmo de Alonso.

Barrichello chegou a ocupar as primeiras colocações no início da prova, mas viu sua Ferrari perder rendimento após sua terceira parada nos boxes.

"O Jarno Trulli estava muito lento e eu não conseguia ultrapassá-lo. O Schumacher teve a sorte de conseguir fazer a ultrapassagem sobre ele no primeiro pit stop, o que foi bom para ele, mas não para mim. A partir de agora é pensar para a frente", disse o piloto brasileiro em entrevista à TV Globo, logo após a corrida.

A próxima prova da F-1 está marcada para o dia 10 de julho, no GP da Inglaterra, que será disputado no circuito de Silverstone.

Confira a classificação final do GP da França de F-1

1. Fernando Alonso (ESP/Renault) - 1h31min22s223
2. Kimi Raikkonen (FIN/McLaren)
3. Michael Schumacher (ALE/Ferrari)
4. Jenson Button (ING/BAR)
5. Jarno Trulli (ITA/Toyota)
6. Giancarlo Fisichella (ITA/Renault)
7. Ralf Schumacher (ALE/Toyota)
8. Jacques Villeneuve (CAN/Sauber)
9. Rubens Barrichello (BRA/Ferrari)
10. David Coulthard (ESC/Red Bull)
11. Takuma Sato (JAP/BAR)
12. Mark Webber (AUS/Williams)
13. Tiago Monteiro (POR/Jordan)
14. Nick Heidfeld (ALE/Williams)
15. Narain Karthikeyan (IND/Jordan)

Não completaram

Christijan Albers (HOL/Minardi)
Patrick Friesacher (AUT/Minardi)
Christian Klien (AUT/Red Bull)
Juan Pablo Montoya (COL/McLaren)
Felipe Massa (BRA/Sauber)

Com agências internacionais

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Fernando Alonso
  • Leia o que já foi publicado sobre Rubens Barrichello
  • Leia o que já foi publicado sobre Michael Schumacher
  • Leia mais notícias no especial do Mundial de F-1
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página