Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/12/2005 - 01h22

Nos pênaltis, Boca Juniors conquista o bi da Copa Sul-Americana

Publicidade

FELIPE NEVES
da Folha Online

Nos pênaltis, por 4 a 3, o Boca Juniors (ARG) conquistou o bicampeonato da Copa Sul-Americana, na noite deste domingo, sobre o Pumas (MEX). No tempo normal, o jogo terminou empatado em 1 a 1 --mesmo resultado da primeira partida, disputada na Cidade do México, no último dia 6.

O grande destaque da decisão por pênaltis foi o experiente goleiro Pato Abbondanzieri, do Boca. Ele defendeu duas cobranças do Pumas e ainda marcou o gol que definiu o título para os argentinos.

Pelo Pumas, perderam pênaltis o brasileiro Leandro Augusto, o zagueiro Beltran e o meia Galindo, que chutou na trave. Pelo Boca, perderam os atacantes Guillermo Schelotto e Martín Palermo.

No tempo regulamentar, o gol do Boca foi marcado por Palermo, aos 31min do primeiro tempo. Na segunda etapa, o time do Pumas foi para cima e logo aos 7min conseguiu um pênalti --bola na mão dentro da área do zagueiro Schiavi---, convertido pelo centroavante Marioni.

Nas semifinais, a equipe argentina superou o Universidad Católica (Chile), enquanto o Pumas eliminou o argentino Vélez Sarsfield no outro confronto.

Com o título, o clube argentino vai enfrentar o São Paulo, campeão da Libertadores da América deste ano, em jogo válido pela Recopa Sul-Americana.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre o Boca Juniors
  • Leia mais notícias no especial da Copa Sul-Americana
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página