Folha Online Ilustrada  
Crítica
07/12/2001 - 04h28

Rebuscamento de Marina Lima é cada vez maior

da Folha de S.Paulo, no Rio

Há problemas de apresentação em "Setembro". Sua capa exibe uma Marina feminina, sensual, mas estranhamente encabulada. Um "funk das cachorras" entra na esteira, meio de bobeira. Seu conteúdo é breve (nove faixas). Três remixes ao final passam a impressão de que "Setembro" fosse CD concluído às pressas e preenchido no artifício modernoso (e, aqui, pouco interessante) das faixas remixadas.

Ela parece colocar pedrinhas em seu próprio caminho, dando artilharia fácil aos que ignorarem o lançamento. Mas essa é, por ora, sua responsabilidade no que possa haver de fumaça em "Setembro". O resto é puro preconceito.

Porque o disco reforça a sofisticação e o rebuscamento musical que vêm norteando Marina há já dez anos. No auge da crise, "Pierrot do Brasil" (98) despiu a Marina compositora, musicista, jobiniana. Este chega bem perto, à parte as pequenas sabotagens.

Talvez "Notícias" seja, para os homens de gravadora, lenta demais, mas e os órgãos gemendo ao fundo, não são de arrepiar?

Talvez "Me Diga (Francisca)" pareça carona aburguesada de um Jobim mulher no rap de protesto -mas tente investir na densidade da não-canção, nas intervenções sonoras, no canto hipermelancólico. Ouça a faixa-título, de timbre bem francês (tipo Air) e acordeom muito nordestino, uma simbiose para fundir a cuca.

O resto? O resto é uma sucessão de leves espantos. Passa pela frieza de "Paris-Dakar", talvez a mais inteligente (e eficaz) do CD, aguda e aveludada nos dramáticos vocais e pela sempre vigorosa parceria com Alvin L., nessa e na concentrada "Alguma Prova".

Passeia por "Dois Durões (Lagoa)", Dolores Duran sem saudosismo, e até pelo tema de TV "No Escuro", de letra e melodia tristes.

Bossa nova, banquinho, violão? Olha, um Tom Jobim que nascesse hoje poderia fazer da sra. Marina seu Villa-Lobos. Porque "o mundo gira e cai de joelhos", como ela geme em "Paris-Dakar".
(PEDRO ALEXANDRE SANCHES)


 Serviço

Setembro
Artista: Marina Lima
Lançamento: Abril Music
Quanto: R$ 19,90 (preço sugerido)



   
Destaques

OSCAR 2003 Guerra coloca realização da cerimônia do prêmio em xeque; veja especial

"BIG BROTHER 3" Saiba o que acontece no dia a dia do "reality show" da Globo

TEATRO Veja a programação do 12º Festival de Teatro de Curitiba

EXPOSIÇÃO Faça um passeio virtual pela mostra da China que está em SP

"BIG BROTHER 3" Saiba o que acontece no dia a dia do "reality show" da Globo


NotíciasNoticias

17/04/2003

00h45 Ooops! bate recorde e agradece publicando e-mail de leitores

00h19 Confira o resumo das novelas desta quinta-feira

00h03 Clipe de Madonna reeditado após a guerra estréia segunda

00h02 Madonna olha para o próprio umbigo em novo CD

00h01 Folha Online estréia novo projeto gráfico


Copyright Folha de S. Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).