Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/06/2001 - 19h46

Pacientes que receberam órgãos de Fromer passam bem

Publicidade

da Folha de S. Paulo

Os três pacientes que receberam os órgãos do guitarrista Marcelo Fromer passam bem.
O metalúrgico aposentado Mário Varjão de Oliveira, 51, que recebeu o coração de Fromer, já respirava sem a ajuda de aparelhos e estava consciente hoje à tarde, segundo o boletim divulgado pela assessoria do Hospital Beneficência Portuguesa.

No mesmo hospital, a professora universitária Maria Estela de Lorena Fernandes Buono, 50, recebeu um rim e o pâncreas do guitarrista do Titãs.

Ela também passa bem e respirava sem a ajuda de aparelhos, de acordo com o boletim do médico Luiz Carlos Arcon, divulgado pelo hospital.

O fígado do músico foi transplantado para a dona-de-casa Ivete Aparecida Palomo Pavan, 53, em uma operação que começou às 21h de ontem e foi concluída às 6h de hoje, no Hospital das Clínicas de São Paulo.

Segundo um dos cirurgiões que participaram do transplante de fígado, Paulo Massarollo, a cirurgia correu bem e a paciente está se recuperando na UTI.

De acordo com o cirurgião, se Ivete não recebesse o transplante em pouco tempo poderia morrer. Ivete já não saía de casa porque passava mal. Ontem, ao ser avisada de que faria o transplante, Ivete ficou muito nervosa, segundo Flora, sua irmã. "É uma beleza. Que Deus abençoe a família dele [Fromer]. Eu agradeço muito", disse.

"Fiquei extremamente tocado pela generosidade da família", disse Silvano Raia, médico que realizou o primeiro transplante de fígado no Brasil na década de 80.

Segundo ele, as doações de órgãos costumam aumentar quando há grande divulgação do assunto, como está ocorrendo com o caso de Marcelo Fromer. "Isso motiva a população a valorizar as doações de órgãos", afirma.

De acordo com informações da central de transplantes do Estado de São Paulo, de ontem -data em que a família de Fromer anunciou a doação dos órgãos- até as 17h de hoje foram informadas três mortes cerebrais, mas em nenhum dos casos as famílias tinham autorizado doações.

As córneas de Fromer, segundo informações da central de transplantes do Estado, ainda não foram encaminhadas para nenhum paciente, o que só deve ocorrer na próxima segunda-feira.

Essas estruturas, mantidas refrigeradas, podem demorar mais tempo para serem transplantadas, segundo médicos.

Leia mais notícias sobre a turnê de Madonna
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página