Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
06/01/2002 - 05h02

Conheça as novidades da TV aberta para 2002 no Brasil

Publicidade

BRUNO SAITO
da Folha de S.Paulo

A estréia de "O Quinto dos Infernos", nesta terça, na Globo, abre a temporada de novas atrações na TV aberta brasileira.

A emissora, por sinal, é a que anuncia mais novidades, apesar de ter reduzido os orçamentos de produções no ano passado. "O Quinto dos Infernos" pega carona em um dos maiores sucessos da Globo, a novela "Uga Uga", do mesmo autor, Carlos Lombardi.

Para esta trama, que aborda os bastidores da independência do Brasil, a emissora pediu a Lombardi -conhecido por deixar os atores e atrizes bem à vontade diante das câmeras- que recrutasse mulheres bonitas. O curioso será ver como ele fará isso em uma série que se passa no século 19.

Betty Lago, Humberto Martins, Danielle Winits e Luana Piovani fazem parte do elenco. "Não pretendo fazer um vestibular de história. Serei fiel ao quadro geral, para dar uma visão realista dos acontecimentos que culminaram na criação do Estado brasileiro", diz o autor.

Lombardi afirma que a minissérie seguirá seu estilo já conhecido. "Ninguém é um retrato na parede. As pessoas, no século 19, arrotavam, se coçavam, faziam de tudo, como fazem hoje", diz.

Novelas
Ainda no ramo da dramaturgia, a Globo tem dois abacaxis na mão. Prevista para estrear no dia 21, "Desejos de Mulher" irá suceder, às 19h, "As Filhas da Mãe", uma das novelas mais curtas da história da emissora. Mel Lisboa (de "Presença de Anita"), Regina Duarte e Glória Pires estão no elenco. No lugar de "A Padroeira", às 18h, entra "Coração de Estudante", com estréia prevista para o dia 25 de fevereiro.

A direção é de Emanoel Jacobina, que fará sua primeira novela, após escrever os enredos adolescentes de "Malhação". Com atores como Paulo Vilhena, Adriana Esteves, Fábio Assunção e Caio Blat, a atração não é direcionada apenas aos jovens.

"A novela é sobre o choque entre a ambição e a cidadania, e questões como "um homem é uma mãe adequada para uma criança?" e "por amor, tudo é permitido?'", diz Jacobina.

E o SBT anuncia, ainda para o primeiro semestre, outra adaptação de origem mexicana, "Marissol", para cujo papel principal está cotadíssima Bárbara Paz, a vencedora de "Casa dos Artistas".

"Reality shows"
A batalha maior, no entanto, terá ares de corrida atrás do prejuízo. "Big Brother Brasil", versão brasileira do programa sensação da TV holandesa, deve estrear ainda neste mês.

Há rumores de que a atração terá episódios diários entre o "Jornal Nacional" e a novela das oito. Rádio, internet e jornal são as outras mídias em que o programa estará presente.

A fórmula de "reality show" será usada para aumentar a audiência do "Domingão do Faustão" e "Caldeirão do Huck". No segundo caso, a emissora estuda adaptar o programa "The Love Cruise" (Fox), que mostra um cruzeiro com grupos de casais onde tudo pode acontecer.

O SBT não divulga informações a respeito de "Casa dos Artistas 2", mas a construção da nova habitação segue a todo vapor nos estúdios da emissora em São Paulo. A assessora da cantora Tiazinha, Ana Paula Lattes, confirma que ela pode ser uma das participantes. "Ela recebeu uma proposta do SBT em dezembro, mas ainda está decidindo", diz.

Previsto para fevereiro, "Popstars", é a arma que o SBT prepara para as tardes de sábado. Os participantes passarão por testes para se tornarem astros de uma banda pop. Deve ficar no ar por cinco meses.

Teens
Depois de uma temporada malsucedida na Globo, o apresentador Cazé volta à MTV para apresentar um programa com ares de "game show", que pode ir ao ar em março.

Sem Marcos Mion, contratado pela Band, o canal musical reformula o "Piores Clipes", que estréia nesta quinta, com João Gordo e Ferrugem no comando. Agora, até a própria MTV será criticada, no quadro "Momento Ombudsman". A Record também entra na onda e negocia com a Columbia os direitos do "Wheel of Fortune", uma espécie de "Roletrando", do SBT.

Marcos Mion é a primeira novidade na programação da Band. Prevista para o fim de janeiro, a atração será diária, transmitida ao vivo a partir das 20h30, e também terá auditório. Em seguida, às 22h, entra o programa de Otávio Mesquita, mais um "game show".

Infantis
Após o fracasso de Angélica e seu "Bambuluá", Xuxa volta a dominar as manhãs da Globo, com o "Xuxa só para Baixinhos", previsto para abril. Desenhos que deram certo, como "Dragon Ball Z" devem continuar no ar, assim como o "Sítio do Picapau Amarelo".

Esportivos
A Record coloca o futebol como uma de suas prioridades. O apresentador Milton Neves (ex-Band), deve ganhar mais espaço na emissora, com o programa "Gol, Futebol, Memória".

"A Record tem um acervo maravilhoso de imagens. Pretendo mostrar os gols mais marcantes do futebol brasileiro", diz Neves. Ele estuda ainda uma edição extra de seu programa "Terceiro Tempo". "Vamos acompanhar os jogadores no vestiário, após as partidas", diz.

O canal, que acertou parceria com a Traffic, vai transmitir o Brasileiro de 2002, Copa do Brasil e a Liga Rio-SP.

O comentarista Jorge Kajuru -que tem contrato até 2003 com a Rede TV!- está na mira da Record. Enquanto não decide, ele aguarda o programa de variedades prometido por sua atual emissora.

A Rede TV! comprou os direitos de transmissão da série A2 do Campeonato Paulista. A Copa do Mundo Coréia/Japão, entretanto, deve ser uma exclusividade da Globo, que já elegeu os ex-jogadores Casagrande e Falcão como seus comentaristas principais.

Os campeões do ibope, entretanto, só o tempo mostrará.




 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página