Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
29/07/2002 - 16h51

Com final da "Casa 3", SBT volta a bater "Fantástico" no ibope

Publicidade

da Folha Online

Depois de amargar sucessivas derrotas para a Globo, a "Casa dos Artistas 3" deu de novo a Silvio Santos, do SBT, o sabor da vitória. Ontem, com a final do "reality show" que, em sua primeira edição (2001), desbancou a Globo, o programa obteve mais audiência que a concorrente.

O vencedor da terceira edição da "Casa dos Artistas 3" foi o triatleta Sérgio Montenegro, que ganhou R$ 400 mil.

O último episódio do programa alavancou a audiência do SBT no horário, registrando 33 pontos de média e 43 de pico, contra 28 da Globo, que exibia o "Fantástico". Esta foi a primeira vez, nesta edição, que o SBT ultrapassou a Globo com o programa.

O desempenho esteve longe das duas finais anteriores. A segunda edição, que terminou em maio deste ano, teve 40 pontos de média e pico de 50, e a primeira, exibida em dezembro do ano passado, registrou média de 47 e pico de 55 pontos.

O declínio na audiência do programa do SBT começou na segunda edição, quando sofreu quedas de até 18% em relação à primeira versão, que manteve uma média de 40 pontos aos domingos e 25 durante a semana. A última edição chegou a registrar, durante a semana, média de 11 pontos, e, aos domingos, ficou em torno de 20.

Cada ponto no Ibope equivale a 47 mil domicílios com a TV ligada no canal na Grande São Paulo.

Final

A final da terceira edição começou com novas regras. Como apenas quatro pessoas foram eliminadas durante todo o programa, ontem foram para a berlinda oito dos 12 moradores que entraram na casa.

Para evitar que o programa se estendesse, o apresentador Silvio Santos anunciou que não iria conversar muito tempo com o público e que as pessoas não poderiam mandar recados ao declarar o voto, como acontecia normalmente em dia de "paredão".

Os primeiros cinco concorrentes foram eliminados com três votos. De acordo com esta regra, o primeiro a sair da casa foi o cantor Agnaldo Timóteo, em seguida saiu o ator Jorge Pontual. A fã do ator, Flávia Cavalcante, foi a terceira a sair. Depois foi a vez de Luiza Ambiel, ex-garota da "Banheira do Gugu" e a personal trainer Solange Frazão se despedirem.

Com a saída dos cinco primeiros eliminados, o placar zerou e os votos, dados por telefone, voltaram a ser computados. Cada um dos três concorrentes foi eliminado no quinto voto. Na segunda etapa da votação, o primeiro a sair foi o gêmeo Flávio Mendonça. Em seguida Bernardo Romero saiu, deixando o prêmio para o triatleta paraibano Sérgio Montenegro.

Sérgio entrou na casa como fã de Solange Frazão, mas começou a namorar Luiza Ambiel na casa.

Melhores momentos

Antes da saída de cada participante, o programa exibiu um VT com os momentos que marcaram a presença de cada um na casa.

Uma outra edição mostrou os melhores momentos das três edições do programa e atribuiu prêmios a cada um dos vencedores nas diversas categorias. Os artistas da "Casa 1" foram os mais premiados.

A produção premiou o mais "pateta" (Supla), o "melhor rebolado" (Alexandre Frota) e o "melhor xaveco" ( Gustavo Mendonça e Syang), entre outras categorias.

O último jantar na casa, que criou um clima de "casa de montanha", foi reprisado, mostrando a despedida dos participantes.

Prêmio de consolação

Antes de terminar a votação do público, os artistas e fãs eliminados concorreram a um carro doado pela Fiat. Na primeira edição, a empresa presenteou a todos os concorrentes com um carro. O cantor Agnaldo Timóteo foi o único premiado desta vez.

Sérgio ganhou R$ 400 mil com o primeiro lugar e Bernardo Romero levou R$ 100 mil com o segundo.

Silvio Santos anunciou um novo "reality show" para novembro. O formato deverá ser uma mistura de "Namoro ou Amizade?" com "Casa dos Artistas". A idéia é promover encontros entre homens e mulheres solteiros.

Leia mais notícias sobre "Casa dos Artistas"
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página