Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
25/06/2007 - 15h40

Galeria dos Espelhos de Versalhes recupera seu esplendor

Publicidade

da France Presse, em Versalhes

As pinturas recuperaram suas cores originais, as molduras o dourado, os bronzes o brilho: ao final de uma gigantesca obra de restauração, a Galeria dos Espelhos, jóia do Palácio de Versalhes (próximo a Paris), recuperou o esplendor dos velhos tempos.

Pela primeira vez desde sua construção em 1684, a célebre galeria foi objeto de uma restauração "do chão até o teto", descreve Fréderic Didier, arquiteto chefe dos monumentos históricos franceses, que coordenou os trabalhos.

Jacques Brinon/AP
Galeria dos Espelhos de Versalhes foi restaurada, na França
Galeria dos Espelhos de Versalhes foi restaurada, na França

"A obra durou três anos. Levamos tanto tempo para restaurar a galeria quanto Charles Le Brun levou para pintá-la", afirma. As obras custaram 12 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões), financiados por meio do mecenato.

A galeria restaurada foi inaugurada nesta segunda-feira pela ministra francesa da Cultura, Christine Albanel. O público, que podia visitar o espaço durante as obras, poderá agora ver o resultado final da restauração a partir desta quarta-feira.

A Galeria dos Espelhos, originalmente chamada de Grande Galeria, deve seu nome aos 357 espelhos que adornam suas paredes --emblema do castelo de Versalhes, representa uma homenagem à glória de Luís 14, da supremacia militar à boa governança do reino. Com 73 metros de comprimento por 13 de largura, foi construída por Jules Hardouin-Mansart entre 1678 e 1684.

A enorme sala "recuperou seu esplendor, conservando ao mesmo tempo os vestígios do tempo que passa", descreve Didier. "Limpamos e restauramos, mas não era nosso papel refazer as coisas parecerem novas".

Durante as obras, cuja fase de documentação levou um ano, além dos três de trabalhos, participaram 40 restauradores.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página