Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/04/2003 - 23h45

Dhomini vence o "Big Brother Brasil 3" com 51% dos votos

da Folha Online

O secretário parlamentar André Augusto Ferreira Fontes, o Dhomini, 30, foi o vencedor da 3ª edição do "Big Brother Brasil", da Globo, que terminou nesta terça-feira. O mineiro foi escolhido pelo público para ganhar o prêmio de R$ 500 mil oferecido pelo "reality show". Ele disputou a preferência do público com a baiana Elane Silva Chaves, 18, e ganhou em disputada acirrada, com 51% dos votos.

Dhomini foi considerado o mais forte candidato ao prêmio principalmente depois que eliminou o carioca Alan em um dos "paredões" com o maior número de votos do programa.

Campeão de "paredões", o mineiro passou por quatro eliminatórias e Elane ficou em segundo lugar vencendo os três últimos.

Ao sair do programa ele fez uma reverência e se ajoelhou agradecendo pelo prêmio.

Privilégio

O programa começou mostrando uma imagem extremamente positiva da baiana Elane, que foi definida pelo apresentador Pedro Bial como "inteligente".

Já Dhomini foi definido como conquistador, malandro, esperto e que "desperta paixões".

Antes do anúncio do resultado da votação, os dois finalistas conversaram com os pais e pediram a bênção. Neste momento, mais uma vez teve-se a sensação de que Elane estava sendo privilegiada. O apresentador perguntou para os pais de Elane se o prêmio mudaria a vida dela. O mesmo questionamento não foi feito para os pais de Dhomini.

Dhomini percebeu o privilégio que a adversária estava recebendo e reclamou em tom de brincadeira.

Apesar disso o secretário parlamentar demonstrou confiança. "O Brasil é formado por gente que nem nós", disse.

O programa contou com a participação dos outros 12 participantes desta edição e com um show ao vivo da banda RPM.

O programa durou 78 dias.



Especial
  • Dê sua opinião sobre o resultado do programa

  • Acompanhe as notícias do "Big Brother Brasil 3"
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página