Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/12/2005 - 11h58

Beatles processam EMI por royalties

Publicidade

da Folha Online

A Apple Records, lendária gravadora comandada pelos Beatles, está processando a gravadora EMI alegando que o grupo lhe deve cerca de US$ 53 milhões em royalties.

Sob direção de Paul McCartney, Ringo Starr e os sucessores de John Lennon e George Harrison, a Apple Records diz que uma auditoria determinou que a EMI não tem cumprido os termos assinados em contrato. A EMI detém os direitos das gravações dos Beatles para sempre.

"Apesar das claras condições do contrato, a EMI insiste em ignorar suas obrigações e responsabilidades na prestação de contas corretas e transparentes. A Apple e Beatles são, mais uma vez, deixados sem escolha e processam a EMI", disse a gravadora em comunicado à imprensa.

As duas gravadoras já travaram batalhas anteriores sobre royalties, que foram resolvidas na Justiça em 1989.

Advogados entraram com o processo contra a EMI nesta quinta, e também contra a Capitol Records, subsidiária em Nova York.

Com agências internacionais

Leia mais
  • Axl Rose é processado por Slash e Duff, ex-Guns N' Roses
  • Família de Tom Jobim abre processo nos EUA por direitos autorais

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre o pagamento de royalties
  • Leia o que já foi publicado sobre os Beatles
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página