Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
04/03/2006 - 03h19

Morre aos 64 anos o apresentador de TV Athayde Patrese

Publicidade

DEH OLIVEIRA
da Agência Folha

O apresentador de TV e colunista social Athayde Patrese, 64, morreu por volta das 22h desta sexta-feira, na Clínica de Nefrologia Santa Rita, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. Ele sofreu uma arritmia cardíaca logo após terminar uma sessão de hemodiálise, processo de filtragem e depuração do sangue por meio de uma máquina.

Divulgação
Carol Burnett aparece na série como madrasta vilã
Apresentador de TV e colunista Athayde Patrese
Segundo Fernando Morais, amigo da família, Athayde Patrese possuía apenas um dos rins, depois de ter doado o outro a um de seus filhos, Marcos, do primeiro casamento. Com o tempo, o órgão que restou começou a apresentar problemas e Patrese teve de iniciar o tratamento de hemodiálise --atualmente, ele fazia três sessões por semana.

"Parece que ele pressentia a própria morte", disse Marcelo Serrano, enfermeiro da clínica. Segundo ele, embora não aparentasse qualquer problema, o apresentador teria dito que já tinha vivido bastante e que seu fim estava próximo.

Athayde Patrese se dedicava à cobertura do mundo das celebridades e ficou conhecido por utilizar um microfone de ouro e pelo bordão "Simplesmente um luxo". No SBT, apresentou o programa "Ricos e Famosos" e atualmente ia ao ar pelas TVs Comunitária (UHF) e Milênio (TVA) com o programa "Athayde Patrese, o Repórter".

Além de Marcos, o apresentador tinha outros quatro filhos: Ricardo, Athayde, Débora e Patrícia.

Especial
  • Leia o que foi publicado sobre Athayde Patrese
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página