Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/05/2006 - 15h56

"Fantástico" quer desmascarar falsos videntes

Publicidade

da Folha Online

Estréia neste domingo (7), no "Fantástico" (Globo), uma série de reportagens que tenta mostrar como falsos videntes enganam suas vítimas. O quadro "Operação Bola de Cristal" usa um ator treinado no papel de paranormal e tem a já esperada narração de Cid Moreira.

Segundo o diretor da série, o editor executivo do "Fantástico", Luiz Petry, a técnica apresentada pelo quadro e utilizada pelos charlatões chama-se leitura fria. "Essa habilidade permite conduzir a conversa de forma a parecer que ele [o vidente] tem poderes paranormais.Geralmente, o charlatão usa as próprias informações dadas pelo cliente, sem que este perceba isso", explica Petry.

O "paranormal" do quadro é o ator Osvaldo Mil --que se apresenta como Ângelo, um nome mais apropriado para a função. Ângelo faz atendimentos individuais com pessoas convidadas que, obviamente, não sabem que ele é um ator.

A série pode causar polêmica entre os profissionais da área da clarividência. Apesar disso, Petry acredita que se trata de um serviço ao espectador. "Há ocasiões em que os clientes tomam decisões fundamentais de suas vidas influenciados pela conversa desses falsos videntes, quando não chegam mesmo a ser escravizados por eles".

O "Fantástico" vai ao ar neste domingo às 20h30.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre exposições de fotografia
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página