Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
06/02/2007 - 14h18

TV "ressuscita" ex-apresentadores e rejeita projetos de aspirantes

Publicidade

da Folha Online

Eles já tiveram programa na TV. Mas não deram muito certo e ficaram fora do ar por um tempo, torcendo para não cair no esquecimento. Agora, se preparam para voltar à telinha. Será que 2007 será o ano da "ressurreição" dos ex-apresentadores? Só o telespectador poderá dizer.

Sérgio Mallandro deixou a TV Gazeta e neste ano fincou pé na Rede TV! com um programa voltado para universitários. E olha que ele já encarnou a baixaria na TV. A descolada Astrid Fontenelle já foi da MTV, da Band e agora está no canal pago GNT, onde estréia programa sobre tudo em março. A Bahia torce que os orixás protejam a nova atração.

Patricia Santos/Folha Imagem
Sérgio Mallandro compra espaço na Rede TV!
Sérgio Mallandro compra espaço na Rede TV!
O estilista Clodovil também voltará a ter um programa. Desta vez, será na TV JB (ex-CNT). Seu programa ("Por Excelência") deve ser exibido direto do gabinete do deputado federal, em Brasília, e tem estréia prevista para março. No folclore da TV brasileira, Clodovil é famoso por brigas com todos os canais em que já trabalhou. Será diferente na caçula TV JB?

Divulgação
Astrid retorna com atração no GNT
Astrid retorna com atração no GNT
Quem nunca teve um programa só seu também alimenta o sonho de conseguir convencer uma emissora a apostar em seus projetos. Jean Wyllys, vencedor do Big Brother Brasil em 2005, deixou o "Mais Você" (Globo), para onde fazia entrevistas, e procura um canal disposto a investir em seu projeto de programa. O mesmo caminho é trilhado pela drag queen Léo Áquila, que também tenta emplacar uma atração na Rede TV!.

João Sal/Folha Imagem
Luana não consegue ter seu programa infantil
Luana não consegue ter seu programa infantil
Bruna Surfistinha, a prostituta que virou fenômeno editorial, foi outra que também chegou a gravar pilotos de um programa. Mas o projeto não deu em nada. De consolo, ela conseguiu um programa em uma revista de nudez na internet.

A atriz Luana Piovani também batalha, desde o ano passado, para emplacar seu próprio programa infantil em algum canal. Ela quer que a atração se chame Xereta. Já bateu na porta de algumas emissoras, mas não conseguiu avanços. A atriz sobrevive graças às peças infantis e participações em atrações da Globo. No ano passado, ela largou o "Saia Justa" (GNT) por divergências salariais. Também deixou de fazer uma novela na Globo por discordar de termos do contrato. Talvez seu programa infantil consiga realmente ensinar a arte da negociação e da barganha.

Divulgação
Clodovil fará programa do gabinete
Clodovil fará programa do gabinete
No SBT, quem sofre é o jornalismo. Os programas mudam de horário e de formatos, como em uma oficina de experimentalismos. Por ordem de Silvio Santos, Carlos Nascimento terá de falar no ar com os telespectadores por telefone, uma espécie de "Fala Que Eu Te Escuto" sem oração nem copo em cima do televisor. É o que se comenta nos bastidores.

Divulgação
Surfistinha quer programa na TV
Surfistinha quer programa na TV
O ex-âncora da Globo e sua colega Ana Paula Padrão devem ter aprendido como é difícil fazer o sucesso e o prestígio fora da Globo. Quando falava sobre um programa jornalístico semanal, de grandes reportagens pelo mundo, no estilo de Christiane Amanpour (CNN) dos trópicos, Padrão disse que "comandar bancada de telejornal é coisa de gente em fim de carreira". Mas e aquela história do helicóptero que Silvio Santos comprou para Padrão? Não decolou.

Outro que prepara sua volta é Boris Casoy, que foi do SBT e da Record. Também terá telejornal na TV JB, a emissora do programa do Clodovil. O autor dos bordões "isto é uma vergonha" e "é preciso passar o Brasil a limpo" promete um jornalismo para um público "mais crítico e exigente". Deve entrar no ar em março, de segunda a sexta-feira, das 22h às 23h.

Leia mais
  • Internautas escolhem prisão de Ronaldo Esper o "mico de janeiro"
  • "Pânico" volta com humor mais afiado e fama de "terror dos famosos"
  • Astrid Fontenelle critica MTV e alfineta Daniella Cicarelli
  • Não quis desrespeitar os evangélicos, diz professora do "Fala Que Eu Te Escuto"
  • Novo livro de Surfistinha ataca apresentadores de TV
  • Roberto Avallone reclama de ir para o banco na Band
  • Nova série do Discovery transforma mulheres comuns em modelos
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página