Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/02/2007 - 15h27

Sotheby's bate recorde e consegue US$ 328 mi com artistas vivos

Publicidade

da Efe, em Londres

A Sotheby's bateu um novo recorde na noite de quarta-feira, após protagonizar a maior venda na Europa de arte contemporânea e alcançar o valor mais elevado já pago em leilão por obras de artistas europeus vivos.

Com vendas que superaram os 45,76 milhões de libras (cerca de US$ 89,58 milhões), o valor total do leilão da quarta-feira supera em 25% o recorde europeu anterior.

Reprodução
"White Canoe", de Peter Doig
"White Canoe", de Peter Doig
A estrela da noite foi o artista britânico Peter Doig, cuja obra intitulada "White Canoe" foi vendida por 5,73 milhões de libras (cerca de US$ 17 milhões), cinco vezes mais que os 1,28 milhão de libras (US$ 2,5 milhões) de seu recorde anterior.

Pintada entre 1990 e 1991, a obra mostra a imagem noturna de uma canoa branca refletida em um lago, tela que um comprador anônimo pagou quatro milhões a mais do que a Sotheby's previa.

Reprodução
"99 Cent II, Diptych", de Andreas Gursky
"99 Cent II, Diptych", de Andreas Gursky
Pela fotografia "99 Cent II, Diptych", do artista alemão Andreas Gursky, foram pagas 1,7 milhão de libras (US$ 3,3 milhões), o que representou o preço mais elevado de uma fotografia vendida em leilão.

Outros nove recordes foram batidos pelas obras de artistas como o jovem nova-iorquino George Condo, os britânicos Tim Noble & Sue Webster, assim como o veterano Frank Auerbach e o italiano Piero Manzoni, entre outros, com 13 obras que superaram cada uma o milhão de libras.

Após uma semana marcada por uma seqüência de recordes nos leilões londrinos, a Sotheby's arrecadou desde segunda-feira 167,66 milhões milhões (US$ 328 milhões), enquanto a Christie's vendeu até ontem obras por mais de 100 milhões de libras (US$ 195,7 milhões).

Leia mais
  • Casa de leilão em Londres põe à venda raridades da arte impressionista
  • Rembrandt tardio é arrematado por US$ 25,8 milhões em Nova York
  • "A Virgem e o Menino" vira Botticelli mais caro leiloado até hoje
  • Artista vende pintura por US$ 2,75 mi e bate recorde na China
  • Artista mexicano bate recorde em leilão da Christie's
  • Leilão de arte latino-americana rende US$ 14 mi na Sotheby's

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre leilões
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página