Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
12/03/2007 - 09h04

Prêmio Shell de Teatro anuncia vencedores nesta segunda; confira finalistas

Publicidade

da Folha Online

A atriz Deborah Evelyn vai apresentar a entrega do tradicional prêmio Shell de Teatro, que acontece em São Paulo nesta segunda-feira (12), no Espaço Araguari. No Rio, a entrega cerimônia será realizada uma semana depois, no dia 19, na Casa França-Brasil.

A peça "BR3", produção audaciosa da Cia. Teatro da Vertigem, é a favorita com cinco indicações: autor (Bernardo Carvalho), direção (Antonio Araújo), cenário (Márcio Medina), iluminação (Guilherme Bonfanti) e categoria especial (pela "logística de apoio à cena do espetáculo" e "pelo projeto BR3").

Divulgação
Atriz Deborah Evelyn vai apresentar<br> a entrega do prêmio Shell de Teatro
Atriz Deborah Evelyn vai apresentar
a entrega do prêmio Shell de Teatro
A 19ª edição vai reunir grandes nomes da cultura nacional. Deborah foi premiada no ano passado na categoria de melhor atriz, com o espetáculo "Baque".

A homenageada da 19ª edição do prêmio será Kalma Murtinho, pela contribuição ao teatro brasileiro com seus figurinos.

O júri é formado por Kil Abreu (jornalista e pesquisador do teatro), Silvana Garcia (pesquisadora e dramaturga), Valmir Santos (jornalista) e Marici Salomão (autora teatral e jornalista). Fábio Namatame (figurinista, maquiador e cenógrafo) é o quinto jurado, ocupando a vaga da professora e crítica teatral Maria Lúcia Candeias.

Confira os finalistas do prêmio Shell de Teatro de São Paulo:

Autor:
- Sérgio Roveri, por "Abre As Asas Sobre Nós"
- Bernardo Carvalho, por "BR3"
- Luis Alberto Abreu, por "Memória das Coisas"

Diretor:
- Antunes Filho, por "A Pedra do Reino"
- Rodolfo García Vázquez, por "Inocência"
- André Garolli, por "Rumo à Cardiff"
- Antonio Araújo, por "BR3"

Lenise Pinheiro/Folha Imagem
Cássio Scapin é um dos indicados para ator pelo trabalho em "Quando Nietzsche chorou"
Cássio Scapin é um dos indicados para ator pelo trabalho em "Quando Nietzsche chorou"
Ator:
- Marat Descartes, por "Primeiro Amor"
- Lee Thalor, por "A Pedra do Reino"
- Antonio Edson, por "Um homem é um homem"
- Cássio Scapin, por "Quando Nietzsche chorou"
- Otávio Martins, por "A noite antes da floresta"

Atriz:
- Cris Rocha, por "Ferro em Brasa"
- Selma Egrei, por "Senhora Macbeth" "Senhora Macbeth"
- Vera Lamy, por "Nonada" "Nonada"
- Fabiana Gugli, "Terra em Trânsito"
- Georgette Fadel, "Gota D'água - Breviário"
- Magali Biff, "Esperando Godot"

Confira os finalistas do prêmio Shell de Teatro do Rio:

Autor:
- Domingos Oliveira, por "Largando o Escritório"
- Daniela Pereira de Carvalho, por "Não Existem Níveis Seguros para Consumo destas Substâncias"
- Weydson Barros Leal e Moncho Rodriguez, por "Caetano"
- Walter Daguerre, por "Projeto K"

Direção:
- Mauro Mendonça, por "Renato Russo"
- Miguel Vellinho, por "Peer Gynt"
- Cristiane Jatahy, por "Leitor por Horas"
- João Fonseca, por "Escravas do Amor"

Ator:
- Bruce Gomlevsky, por "Renato Russo"
- Diogo Vilela, por "Cauby! Cauby!"
- Gillray Coutinho, por "O Púcaro Búlgaro"
- Paulo Gustavo, por "Minha mãe é uma peça"
- Sebastião Vasconcelos, por "Leitor por Horas"

Atriz:
- Clarice Niskier, por "A Alma Imoral"
- Helena Albergaria, por "O Círculo de Giz Caucasiano"
- Stella Miranda, por "Império"
- Clarice Niskier, por "Tudo sobre Mulheres"
- Lívia Falcão, por "Caetana"
- Zezé Polessa, por "Não sou feliz, mas tenho marido"

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Deborah Evelyn
  • Leia o que já foi publicado sobre o Prêmio Shell
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página