Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
20/03/2007 - 16h59

João Moreira Salles ganha prêmio em Paris por "Santiago"

Publicidade

da Efe, em Paris
com Folha Online

O filme "Santiago", do cineasta brasileiro João Moreira Salles, ganhou o grande prêmio do Festival de Cinema Real de Paris. O longa poderá ser conferido no festival internacional de documentários É Tudo Verdade, que começa nesta semana em São Paulo.

Divulgação
Cena do filme "Santiago", de Moreira Salles
Cena do filme "Santiago", de Moreira Salles
"Ceux qui attendent dans l'obscurité", produção do belga Nicolas Rincón Gille, ambientada na selva colombiana, conquistou o prêmio destinado aos jovens diretores.

O filme peruano-americano "Alguma tristeza", de Juan Alejandro Ramírez, recebeu uma menção na seção do júri jovem.

O Ministério de Assuntos Exteriores francês entregou o prêmio Louis Marcorelles ao documentário franco-cubano "El Telón de azúcar", dirigido pela chilena Camila Guzmán Urzúa.

"Santiago" começa como um filme sobre o malogro de um filme que não foi montado. As imagens foram rodadas em 1992, mas permaneceram intocadas por mais de 13 anos. Em 2005, João Moreira Salles voltou a elas.

Santiago Badariotti Merlo havia sido o mordomo da casa em que crescera, um homem de vasta cultura e prodigiosa memória. Ao refletir sobre o tempo que separa a filmagem de 92 da edição de 2005/2006, o narrador, aos poucos, se aproxima do segredo do filme.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre João Moreira Salles
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página